G1 Santos

10ª edição do Santos Film Fest vai exibir mais de 70 filmes; confira programação

today16 de junho de 2024 5

Fundo
share close

A 10ª edição do Santos Film Fest – Festival de Cinema de Santos (SP) terá a exibição de mais de 70 filmes, em 15 espaços na cidade, entre os dias 18 e 26 de junho. Todas as atividades serão gratuitas (confira a programação abaixo).

A abertura do evento, realizada a partir das 19h30 do dia 18, no Cine Roxy do bairro Gonzaga, conta com homenagens à atriz Carol Castro, à diretora Julia Rezende e ao coordenador do curso de cinema da Universidade Católica de Santos (UniSantos), Wanderley Camargo. A retirada do ingresso deve ser feita a partir das 16h, no mesmo dia e local.

Após a homenagem, o curta-metragem ‘Triângulo de Tebas’, de Lukinha Figueiredo e Luciano Quirino, e o filme ‘Ainda Somos os Mesmos’, estrelado por Carol Castro e dirigido por Paulo Nascimento, serão exibidos.



De acordo com o organização do Film Fest, a 10ª edição do evento traz uma lista de personalidades do cinema nacional, como os atores Luciano Quirino e Ondina Clais, Bete Mendes, o diretor Sérgio Rezende, os cineastas Dandara Ferreira, André Sigwalt, Augusto Fonseca, e a editora-chefe do Adoro Cinema, Aline Pereira.

“Estamos orgulhosos pois com essa vasta e diversificada programação cumprimos nosso objetivo de valorizar a produção regional, o cinema nacional, a valorização da memória cinematográfica e a diversidade nos filmes”, afirmou a produtora do evento, Paula Azenha.

Confira a programação completa:

  • Terça-feira (18) – Início do festival

    19h –
    Abertura do 10º Santos Film Fest Cerimonial com homenagens a Carol Castro (atriz), Julia Rezende (cineasta) e Wanderley Camargo (cineasta e professor).

    Estreia nacional de Triângulo de Tebas (25’), de Luciano Quirino e Lukinha Figueiredo

    Sessão especial de Ainda Somos os Mesmos (2024, 901) de Paulo Nascimentos, com presença do diretor.

    Mestres de cerimônia: Thais Rozo e Kinho Font.

    Classificação indicativa: 12 anos.

    Local: Cine Roxy 5 – Retirada de ingressos gratuitos no dia.

  • Quarta-feira (19)

    10h30 – B
    ate-papo com Carol Castro e Julia Rezende. Mediação: Laura Cánepa – Local: Novotel Santos.

    Inscrição pelo link.

    14h – Sertão Sertões (2024), 49 minutos, Rio de janeiro. Com presença do diretor Sérgio Rezende – Local: Cine Roxy 5.

    18h – Meu Nome é Gal (2023) e bate-papo com a diretora Dandara Ferreira – Local: Universidade Católica de Santos. Inscrição pelo link.

    2
    1h – Esta Noite Seremos Felizes (2023) e bate-papo com a atriz Bete Mendes e o diretor Diego dos Anjos – Local: Cine Roxy 5.

  • Quinta-feira (20)

    10h – Pal
    estra com Aline Pereira, editora de plataforma do portal Adoro Cinema – Local: Unisantos. Inscrição pelo link.

    1
    0h – Sessão Infantil.

    Coaxo (2023), de Cecilia Silva Martinez, 5’, Pelotas/RS, Turma da Mônica Toy e filme surpresa – Classificação indicativa: livre – Local: Arte no Dique.

    14h – Sessão infantil.

    De Dentro do Quarto (2023), de Paula M. Urbinati, 8 minutos, São Paulo/SP, Turma da Mônica Toy e filme surpresa. Classificação indicativa: livre – Local: Arte no Dique.

    16h – Retrospectiva Carol Castro – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Retrospectiva Julia Rezende – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades.

    Eu, Capitão (2023), de Matteo Garrone, 130’, Itália. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    17h30 – Mostra nacional.

    Buraco de Minhoca (2024), de Marília Hughes Guerreiro e Cláudio Marques, 13’, Salvador/BA. Classificação indicativa: livre.

    Agudás – Os Brasileiros de Benin (2023), de Aída Marques, 97’, Rio de Janeiro/RJ e o País de Benin/África. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    19h30 – Mostra nacional.

    Cores Queimam (2024), de Felippy Damian, 9’, Poconé/MT. Classificação indicativa: livre

    Combinaram de nos matar – Nós combinamos de não morrer (2024), de Pablo Guelli, 85’’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    19h – Sessão Infantil.

    Geração Alpha (2023), de Débora Resendes e Iuri Moreno, 11’, Goiânia/GO e Turma da Mônica Toy mais filme surpresa. Classificação indicativa: livre.

    Local Lagoa da Saudade.

  • Sexta-feira (15)

    14h – Sessão Azul em parceria com o projeto Inclusão para Todos. Classificação indicativa: livre – Local: Cine Roxy.

    16h – Retrospectiva Julia Rezende – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Mostra Humanidades.

    TamTam Todo Dia (2022), de TAMTAM & Mooves som e iluminação, 76’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades.

    E se Jesus Nascesse no Mangue? (2023), de Carlos Oliveira, 6’, Santos/SP. Classificação indicativa: Livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    Lixo Não Existe – A Vida é Hoje (2021), de Marcos Vinicius A. Santos, 90’, Santos/SP. Classificação indicativa: Livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    17h30 – Mostra nacional.

    Memórias Culinárias do Quilombo Ausente Feliz (2024), de Lucas Assunção, Serro/MG. Classificação indicativa: livre.

    Estranho Caminho (2023), de Guto Parente, 83’, Fortaleza/CE. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Sesc Santos.

    19h30 – Mostra nacional.

    Noke Koi (2024), de Arthur Ribeiro – Tsãka to’o, 30’, Cruzeiro do Sul/AC. Classificação indicativa: livre.

    Lenita (2023) de Dácio Pinheiro, 83’, São Bernardo do Campo/SP. Classificação indicativa: 12 anos – Local: Sesc Santos.

    19h – Sessão Infantil.

    Lagrimar (2024), de Paula Vanina, 14’, Natal/Rio Grande do Norte e Turma da Mônica Toy mais filme surpresa. Classificação indicativa: livre – Local: Praça do BNH.

    23h55 – Virada Cinematográfica – 3 filmes seguidos de Café da Manhã – Local: Cinemateca de Santos.

  • Sábado (22)

    16h – Retrospectiva Carol Castro – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Retrospectiva Julia Rezende – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades.

    Um dia Muito Especial (1977), de Ettore Scola, 76’, Itália e bate-papo com Flávio Viegas Amoreira. Classificação indicativa: 12 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    15h – Mostra nacional.

    Plural (2024), de Patrícia Travassos, 25’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre.

    Onde as Ondas Quebram (2023), de Inara Chayamiti, 85’, São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    17h – Mostra nacional:

    Tudo que importa (2024), de Coraci Ruiz, 20’, Campinas/SP. Classificação indicativa: livre.

    Ópera Cabaré Casa Barbosa (2023), de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques, 89’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    17h – Sessão Infantil.

    Maré Braba (2023), de Pâmela Peregrino, 7’, Porto Seguro e Fortaleza/BA e CE e Turma da Mônica Toy. Classificação indicativa: livre – Local: Praça do BNH.

    19h – Sessão Infantil.

    Manu sonha com onças (2023), de Daniel OG, 6’, Rio de Janeiro/RJ e Turma da Mônica Toy. Classificação indicativa: livre – Local: Praça do BNH.

    17h – Karatê Kid: A Hora da Verdade (1984) de John G. Avildsen, 126’, Estados Unidos, com trilha sonora ao vivo do Cine Concerto seguido de bate-papo com o crítico de cinema Roberto Sadovski (UOL). Classificação indicativa: 12 anos – Local: Concha Acústica.

  • Domingo

    16h – Mostra Humanidades:

    Mary Poppins (1964) de Robert Stevenson, 139’, seguido de bate-papo com Waldemar Lopes. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Mostra Humanidades:

    Patrícia Acioli, Juíza do Povo (2022), de Humberto Nascimento, 110’, Niterói e São Gonçalo/RJ. Classificação indicativa: 12 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades:

    Mestre da Fumaça (2022), de Andre Sigwalt, Augusto Soares, 104’, São Paulo, seguido de bate-papo com os diretores. Classificação indicativa: 18 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    Das 10h30 às 7h30 – Feira de mídia física em parceria com o Bazar da 7ª arte.

    15h – Mostra nacional:

    Uma Irmã Mais Velha (2024), de Drica Mendes, 26’, Recife/PE. Classificação indicativa: livre.

    Partido (2023), de César Charlone, Sebastián Bednarik, Joaquim Castro, 82’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre.

    17h – Mostra nacional:

    Viventes (2024), de Fabrício Basílio, 20’, Niterói/RJ. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    Praia da Saudade (2024), de Sinai Sganzerla, 78’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre – Local: Sesc Santos.

    17h – Tempos Modernos (1936), de Charles Chaplin, 87’, Estados Unidos, Uma Experiência Sonora ao Vivo com Maurão, Marcozzi e Jota Amaral. Classificação indicativa: livre – Local: Concha Acústica.

  • Segunda- feira (24)

    16h – Retrospectiva Carol Castro – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Mostra Humanidades: Ladrões de Bicicleta (1948), de Vittorio De Sica, 93’, Itália. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades:

    Terra de Ciganos (2024), de Naji Sidki, 90’, Classificação indicativa: livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    10h – Sessão infantil:

    Mecha Meraki (2024), de Babi Astolfi, 4 minutos, São Paulo/SP e Turma da Mônica Toy mais filme surpresa. Classificação indicativa: livre – Local: Escola Municipal dos Andradas 2.

    15h – Sessão infantil:

    Mecha Meraki (2024), de Babi Astolfi, 4 minutos, São Paulo/SP , Coaxo (2023), de Cecilia Silva Martinez, 5 minutos, Pelotas/RS, Turma da Mônica Toy. Classificação indicativa: livre – Local: Escola Municipal dos Andradas 2.

    14h – Sessão de Cinema Azul em parceria com o projeto Inclusão para Todos – Local: Cine Roxy 5.

    21h – Mostra Regional:

    Amare Vinyl (2023), de Luiz Becker, 20’, Santos/SP. Classificação indicativa: 12 anos.

    Bergamota (2023), de Hsu Chien, 15’, Santos/SP. Classificação indicativa: 12 anos.

    Chico Voltou Só (2023), de Douglas Gadelha, 6’, Cubatão/SP. Classificação indicativa: livre.

    Eu Sou da Vila Margarida (2023), de Cesar Freire, Ed Siqueira, Vitor Donizete, 14’, Santos/São Paulo. Classificação indicativa: livre.

    Nalua (2023), de Isabelly Cristiny, 15’, Santos/São Paulo. Classificação indicativa: livre.

    Onde as Flores Crescem (2024), de Fabrício de Lima, 16’, Santos/SP. Classificação indicativa: livre.

    Roberto Pires: Êle Fêz O Cinema Baiano Nascer (2023), de Paula Anuska, 13’, Santos/SP. Classificação indicativa: livre.

    VOZ! (2024), de Mariana Pecci, 6’, Guarujá/SP. Classificação indicativa: livre.

    Local: Cine Roxy 5.

  • Terça-feira (25)

    15h – Sessão infantil.

    De Dentro do Quarto (2023), de Paula M. Urbinati, 8 minutos, São Paulo/SP, Geração Alpha (2023), de Débora Resendes e Iuri Moreno, 11 minutos, Goiânia/GO e Turma da Mônica Toy. Classificação indicativa: livre – Local: Escola Estadual Olga Cury.

    16h – RetrospectivaLC Barreto.

    Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976), de Bruno Barreto, 100’. Classificação indicativa: 16 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Retrospectiva LC Barreto.

    Isto é Pelé (1974), de Luiz Carlos Barreto, Eduardo Escorel, 100’. Seguido de bate-papo com Lima e Manoel Maria, lendas do Santos Futebol Clube. Classificação indicativa: livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Retrospectiva LC Barreto.

    Barretão (2019) de Marcelo Santiago, 85 minutos. Com presença do diretor e representante da LC Barreto Produções. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

  • Quarta-feira (26)

    16h – Mostra Humanidades.

    Noites de Cabíria (1999), de Federico Fellini, 110’. Itália. Classificação Indicativa: 16 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    18h30 – Mostra Humanidades.

    Quanto Mais Quente Melhor (1959), de Billy Wilder, 124’. Estados Unidos. Classificação indicativa: livre – Local: Cine Arte Posto 4.

    21h – Mostra Humanidades.

    A Doce Vida (1960), de Federico Fellini, 176’, Itália. Classificação indicativa: 14 anos – Local: Cine Arte Posto 4.

    17h – Lançamento dos livros Márcia Okida: Cores, Formas e Sonhos Possíveis e Santos Film Fest – O Festival que a População Abraçou.

    20h30 – Premiação e Encerramento do festival.

    Local: Open House Idiomas.

    Mostra Humanidades de curtas-metragens – virtual

    Benevole
    ntes (2022), de Thiago Nunes, 15’, Plano Piloto/DF. Classificação indicativa: livre.

    Das Águas (2023), de Adalberto Oliveira e Tiago Martins Rêgo, 17’, Recife/PE. Classificação indicativa: livre.

    Eu, Girassol (2023), de Bruno Granata, 19’, Santa Cruz do Sul/RS. Classificação indicativa: livre

    Gordos não vão para o céu – Qual o poder de escolha de uma pessoa gorda? (2023), de Mariana Mussi S. Infanti, 20’, Santos/SP. Classificação indicativa: 16 anos.

    Jantar à Luz de Velas (2023), de Leandro Salu, 7’, Planaltina/DF. Classificação indicativa: livre

    Movimentos Migratórios (2024), de Rogério Cathalá, 14’, Salvador/BA. Classificação indicativa: livre.

    Notas de Yakecan (2024), de André Moura, 24’, Crateús e Fortaleza/Ceará. Classificação indicativa: livre.

    O Canto (2023), de Isa Magalhães e Izabella Vitório, 15’, Arapiraca/AL. Classificação indicativa: livre.

    Os Finais de Domingos (2023), de Olavo Junior, 8’, Fortaleza/Ceará. Classificação indicativa: livre

    Vai-vai e as Raízes do Bixiga: Uma história Entrelaçada (2024), de Cendy Domingues, 16’, Santos/SP. Classificação indicativa: livre.

    Mostra Humanidades de longas-metragens

    A Estétic
    a da Luta (2022), de Guillermo Planel, 85’, Rio de Janeiro/RJ. Classificação indicativa: 12 anos.

    As Águas que correm (2023), de Julien Heurtier, 76’, Rio de janeiro/RJ.

    Ato Final (2023), de Roberta Fernandes, 72’, Espírito Santo/ES. Classificação indicativa: 12 anos.

    Invisível (2024), de Carolina Vilela e Rodrigo Hinrichsen, 87’, Rio de Janeiro/RJ. Classificação indicativa: livre.

    Liberta! (2024), de Débora Gobitta, 93 minutos, São Paulo, João Pessoa e Campo Grande/SP, PB e MS. Classificação indicativa: livre.

    Madre (2024), de Marcela Varani e Ana Paula Pinheiro, 78’, Ribeirão Preto e São Paulo/SP. Classificação indicativa: 16 anos.

    O Alecrim e o sonho (2022), de Valério Fonseca, 111’, Natal/RN. Classificação indicativa: 14 anos.

    O Grande Espanto de Dorothy Boom (2024), de Alberto Camarero e Alberto de Oliveira, 86’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: 16 anos.

    Paulo e Eliana (2023), de Neide Duarte e Caue Angeli, 77’, São Paulo/SP. Classificação indicativa: livre.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

santos,-sp,-comeca-a-construir-complexo-que-promete-abrigar-hospital-pediatrico-e-escola-na-zona-noroeste

G1 Santos

Santos, SP, começa a construir complexo que promete abrigar hospital pediátrico e escola na Zona Noroeste

A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, anunciou o início das obras para a construção do Complexo da Areia Branca, na Zona Noroeste da cidade. De acordo com o município, o espaço contará com um hospital pediátrico com 30 leitos e uma unidade de ensino infantil. Segundo a administração municipal, o equipamento público deve ser entregue em dezembro de 2025. O complexo ficará na Rua César Augusto de […]

today16 de junho de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%