G1 Mundo

70 bebês e crianças morrem de fome em orfanato em meio a conflitos no Sudão

today8 de junho de 2023 14

Fundo
share close

A tragédia no orfanato Al Mayqoma ganhou as manchetes no final do mês passado, quando os combates na capital, Cartum, se intensificaram entre o exército sudanês e o grupo paramilitar Forças de Apoio Rápido (FAR).

As mortes destacam o alto número de vítimas civis desde meados de abril, quando eclodiram combates entre as forças leais ao general Abdel-Fattah Burhan e membros das FAR lideradas pelo general Mohammed Hamdan Dagalo.

Entre os mortos estavam bebês de apenas 3 meses de idade, de acordo com os atestados de óbito obtidos pela AP. A ata listava a insuficiência circulatória como a causa da morte, mas também listava outros fatores contribuintes, como febre, desidratação, desnutrição e retardo de crescimento.



Cerca de 300 crianças do orfanato Al Mayqoma em Cartum foram transferidas para um “lugar mais seguro” em outra parte da nação do nordeste da África, segundo Ricardo Pires, porta-voz da Unicef, a agência da ONU para crianças.

Os ministérios sudaneses do Desenvolvimento Social e da Saúde cuidaram das crianças, enquanto a Unicef lhes forneceu ajuda humanitária que inclui assistência médica, alimentação, atividades educativas e jogos, explicou Pires em um e-mail à Associated Press.

Ele disse que as crianças receberam exames médicos após a longa jornada para o novo local, acrescentando que “qualquer criança que necessite de hospitalização terá acesso aos serviços de saúde”.

Pires não forneceu mais detalhes, incluindo para onde e quando as crianças foram levadas. No entanto, Nazim Sirag, um ativista que dirige a instituição de caridade local Hadhreen, disse em entrevista por telefone que eles foram transferidos na noite de terça-feira (6) para um centro recém-criado em Madani, capital da província de Jazira, cerca de 135 quilômetros a sudeste de Cartum.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video:-militares-do-mexico-executam-cinco-civis;-presidente-admite-crime

G1 Mundo

Vídeo: militares do México executam cinco civis; presidente admite crime

As imagens foram reveladas pelo jornal espanhol "El País" e a televisão americana Univisión, que tiveram acesso às gravações de uma câmera de segurança. As imagens mostram um veículo militar armado encostado em uma caminhonete. Os militares descem atirando contra o carro, para depois retirar seus ocupantes, que parecem estar tontos pela colisão. Mais soldados chegam ao local. Um dos militares chuta e joga um dos civis no chão, e […]

today8 de junho de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%