Pleno News

A atitude pérfida do governo Lula de encerrar as escolas cívico-militares

today13 de julho de 2023 10

share close

Marco Feliciano
13/07/2023 15h38

Lançamento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares Foto: Marcos Corrêa/PR

Manifesto minhas preocupações com as últimas e lamentáveis notícias vindas de Brasília, como a atitude pérfida do governo Lula petista de encerrar o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares no país. O anúncio prenuncia o decreto a ser publicada no Diário Oficial da União (DOU) nos próximos dias.

As escolas cívico-militares colaboram para a formação ética, didática e moral de uma juventude privilegiada com a possibilidade de ter uma formação de respeito à Pátria, aos seus símbolos, à bandeira, ao hino nacional, aos professores, aos princípios cristãos… Enfim, a uma formação que prepara o cidadão de amanhã para ser bom pai de família e esteio da sociedade.

Mas, infelizmente, o Partido dos Trabalhadores, agora no poder, põe suas garras de fora e não perdoa nem mesmo nossas crianças e adolescentes que vislumbram um amanhã melhor, por meio de uma educação cívico-militar imbuída de boas maneiras. Ao contrário do desrespeito aos pais e professores, em uma educação marxista que destrói a família, a religião e dissemina a erotização precoce.

Felizmente, temos governadores patriotas que já se manifestaram garantindo que manterão e até reforçarão as escolas cívico-militares, como Cláudio Castro, do Rio de Janeiro; Ratinho Jr., do Paraná; Tarcísio de Freitas, de São Paulo; Romeu Zema, de Minas Gerais; Jorginho Melo, de Santa Catarina; e Eduardo Riedel, do Mato Grosso do Sul; que vão contra o governo federal e continuarão a oferecer paz e tranquilidade aos pais que almejam o melhor para seus filhos.



Finalizo constatando que a esquerda coloca suas ideologias ultrapassadas à frente dos interesses da família. Peço a Deus que nos dê forças para enfrentar essas forças poderosas, mas, não imbatíveis, do marxismo leninismo trotskistas, as quais não me canso de denunciar. E que Ele derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo estudante brasileiro, do nosso querido Brasil.

Marco Feliciano é pastor e está em seu quarto mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Estados decidem manter modelo de escolas cívico-militares

2 Aliados de Bolsonaro reagem ao fim de escolas cívico-militares

3 SP: Tarcísio anuncia aumento da rede de escolas cívico-militares

4 Mourão sobre fim das escolas cívico-militares: Só destruição!

5 Magno Malta critica Lula pelo fim das escolas cívico-militares

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marco Feliciano

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Santos

Cubatão, SP, suspende serviços públicos após ventania destelhar prédios e causar queda de árvores

De acordo com a administração municipal, equipes da Coordenaria Municipal de Defesa Civil (Comdec) estão realizando vistorias por todo o município. Já foram contabilizadas 60 quedas de árvores no município, em diversos bairros como: Jardim São Francisco, Jardim Costa e Silva, Jardim Casqueiro, Vila Nova, 31 de Março e Cruzeiro Quinhentista. Ainda segundo a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, 15 prédios públicos ficaram parcialmente destelhados. Na Comunidade da Mantiqueira, uma árvore atingiu parte de uma casa. Ninguém ficou ferido. […]

today13 de julho de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%