G1 Mundo

A última de George Santos: cheques sem fundos a criadores de cachorros

today16 de fevereiro de 2023 17

Fundo
share close

Até quando o congressista republicano George Santos resistirá na Câmara dos EUA com a profusão de mentiras que sustentam a sua biografia? Filho de imigrantes brasileiros, ele tornou-se motivo de chacota nacional, como mentiroso compulsivo e envolvido em múltiplas denúncias de fraudes, mas mantém-se desafiador em seu primeiro mês no cargo, conforme deixou claro em uma postagem no Twitter:

“Que fique bem claro: não estou saindo, não estou me escondendo e NÃO estou recuando. Vou continuar trabalhando para Nova York e nenhuma trolagem no Twitter vai me parar. Estou ansioso para conseguir o que precisa ser feito. PONTO”.

A última de Santos envolve cachorros roubados de fazendeiros de um condado Amish, na Pensilvânia. Parece trama de filme B, mas a imprensa americana noticiou que em 2017 ele foi acusado de passar a criadores cheques sem fundos no valor de US$ 15 mil (cerca de R$ 78 mil) para compra de filhotes das raças golden retriever, pastor alemão e yorkshire terrier. Apenas um deles registrou queixa à polícia e fez, posteriormente, um acordo com Santos.



O deputado George Santos, republicano de Nova York, deixa uma reunião da conferência do Partido Republicano na Câmara no Capitólio, em Washington, em 25 de janeiro de 2023 — Foto: Andrew Harnik/AP

Não é o primeiro escândalo do congressista envolvendo cachorros. Ele é acusado de roubar, em 2016, US$ 3 mil (cerca de R$ 15 mil) arrecadados na vaquinha online GoFundMe, destinada a financiar uma cirurgia que salvaria a vida do cachorro de um veterano de Nova Jersey.

Santos encheu o currículo com invenções: disse ter frequentado escolas e universidades de elite, ter sido uma estrela do vôlei, e ter sido empregado de empresas que nunca pisou. Informou ser neto de sobreviventes do Holocausto e que a mãe estava numa das Torres Gêmeas nos atentados de 2001. Tudo isso foi desmentido. O financiamento de sua campanha está sob suspeita e é investigado.

Em outros tempos, esta coleção de mentiras indicaria o fim de linha para o congressista. Mas, nesta era em que a desinformação é propagada a torto e a direito, Santos sobrevive, ridicularizado em talk shows e programas humorísticos.

George Santo, deputado americano filho de brasileiros, durante reunião do Congresso dos EUA — Foto: Andrew Harnik/AP

Seu mentor, o ex-presidente Donald Trump, difundiu, durante o mandato, cerca de 30 mil informações falsas ou enganosas, segundo uma contagem produzida pelo jornal “The Washington Post”. E se lançou novamente como candidato à Casa Branca.

Santos teve a anuência do presidente da Câmara, Kevin McCarthy, e serve como distração para os republicanos divididos. O congressista classificou de “manipulação” — palavra redigida em letras maiúsculas, no estilo de Trump — o discurso sobre o Estado da União do presidente Joe Biden. Vindo dele, soou como elogio.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pf-prende-sete-criminosos-no-porto-de-santos-com-roupas-de-mergulho,-cilindros-e-580-kg-de-cocaina

G1 Santos

PF prende sete criminosos no Porto de Santos com roupas de mergulho, cilindros e 580 kg de cocaína

Grupo estava preparado para esconder droga em casco de navio. Entorpecente teria como destino o exterior. Sete pessoas são presas a bordo de duas embarcações com mais de 580 Kg de cocaína no Porto de Santos — Foto: Polícia Federal/Divulgação Um grupo de sete pessoas foi preso a bordo de duas embarcações na madrugada desta quinta-feira (15) no Porto de Santos, no litoral de São Paulo. Com eles foram apreendidos […]

today15 de fevereiro de 2023 39

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%