G1 Santos

A UP! não para: academia é destaque do segmento fitness na Baixada Santista

today27 de outubro de 2023 2

Fundo
share close

O responsável pela consolidação do modelo de negócio é o empresário Arthur Veloso, de 35 anos, que iniciou sua jornada empreendedora na faculdade, assumindo a presidência do Diretório Acadêmico na Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP). “Foi uma experiência crucial. Organizar eventos de grande porte, negociar patrocínios e liderar uma equipe de alta performance formaram as bases da minha atuação”, conta Arthur. Foi uma época de lições aprendidas sobre como tirar as ideias do papel.

Corrida 10KM da Tribuna FM: time da UP! Academia participa em todas as edições — Foto: Divulgação



Experiências internacionais e impacto nos negócios

Após vivências marcantes na África do Sul, Reino Unido e Espanha, Arthur trouxe para a UP! uma perspectiva global. “Abri os olhos para diferentes culturas e abordagens de negócios, influenciando diretamente minhas decisões empreendedoras”, compartilha o empresário.

De volta para casa, ele viu que era chegada a hora de trabalhar e expandir algumas frentes já consolidados da família em Santos (SP). Hoje, ele faz a gestão de quatro empresas, além da UP! Academia: o cross training Box UP!, o bar Fit and Fun e o delivery Augustinho Burger. Ele ainda encontra tempo para ser diretor Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira, o Sinhores.

Gerir tantas frentes simultaneamente não é tarefa fácil. Arthur atribui o sucesso das operações à importância de exercer uma liderança preocupada com seus colaboradores e à habilidade de formar equipes engajadas. “Cada negócio exige atenção específica, mas a liderança e uma equipe comprometida são elementos-chave para o sucesso. A competitividade e as mudanças no mercado nos desafiam constantemente, mas também abrem portas para novas oportunidades”, diz o empresário.

Um dos grandes desafios foi chegar a um equilíbrio na gestão preexistente da UP!, que nasceu como uma empresa familiar: houve choque cultural e geracional, oportunidade em que cada uma das partes evoluiu para construir um modelo de gestão único. “Foi um processo intenso para estabelecer uma cultura forte e estabelecer responsabilidades”, relembra.

Inquieto, antes de reorganizar a UP! ele transitou por diferentes áreas do conhecimento e dos negócios. “Estudei Direito por três anos e, embora não seja uma profissão que eu pretenda exercer, acho fundamental em termos de conhecimento”, diz. Ele também já teve uma empresa de serviços no ramo de drones, incluindo um market place para comercializar serviços nesse mercado. “Chegamos a ter a maior base de dados da América Latina nesse segmento, mas descobri que a tecnologia não é uma das minhas paixões”, explica. E qual seria?

Pessoas. Criar conexões. Estabelecer bons relacionamentos. Oferecer a melhor experiência aos clientes. E trabalhar em equipe, é claro. O time da UP! Academia é focado no relacionamento humano, que, para o gestor, é uma das formas de melhorar tanto os negócios quanto a sociedade. “Na academia e nas demais empresas, incentivamos os colaboradores, cada qual com sua característica, para que sejam sempre sua melhor versão. Dá prazer executar um trabalho com excelência”, acredita. “Se eles tiverem que sair para algo maior, ficamos realizados, pois o importante é o crescimento. Mas nos preocupamos em oferecer um bom plano de carreira, para que, se tiverem que crescer e melhorar, que seja dentro do nosso time”, torce.

Arthur Veloso, Nivio Veloso e Cristina dos Santos Veloso comemoram as conquistas da UP! — Foto: Divulgação

A mesma visão se aplica à comunidade do entorno, em que a empresa trabalha para ampliar o alcance e o impacto positivo de todos os seus projetos. “Passamos por uma pandemia sem arcar com demissões, nos dedicamos, fui para a rua fazer manifestações para que todos os comerciantes da região se beneficiassem”, conta. Ele não concorda que empregadores e colaboradores joguem em times adversários. “Um dos projetos que mais me dedico, frente ao sindicato de bares, restaurantes, hotéis e pousadas (@sinhores_baixada), leva cursos profissionalizantes gratuitos a pessoas que têm interesse em formações como barista, bartender, garçom, camareira… A ideia é quebrar paradigmas e ajudar quem busca se capacitar e ter oportunidades em múltiplos setores.”

Olhando para o futuro, a ideia é continuar inovando e alavancando a UP! no cenário econômico da Baixada Santista. “A UP! não para é nosso grande lema. Estamos sempre atentos às tendências de mercado e tecnologias emergentes. Além disso, temos comprometimento com a experiência do cliente e a valorização das equipes”, complementa. Para quem quer se aventurar no mundo da administração e do empreendedorismo, um conselho: “Encontre alguma atividade, setor ou negócio que seja sua real paixão. Algo que faria de graça, sem ganhar dinheiro, porque no começo é a realidade (risos). Mas o que se faz com paixão e excelência é o que traz mais retorno. Se escolheu esse caminho, saiba que vai ser difícil, muito difícil mesmo, mas acreditar em você e no seu negócio supera todas as dificuldades”, conclui.

Da esquerda para a direita: Arthur Veloso, Nivio Veloso e Fabrício Veloso — Foto: Divulgação

UP! Academia: R. Dr. Arnaldo de Carvalho, 114, Campo Grande, Santos.

Instagram:
@aupnaopara




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ministro-silvia-costa-filho-garante-que-porto-de-santos-nao-sera-privatizado-e-anuncia-investimentos

G1 Santos

Ministro Silvia Costa Filho garante que Porto de Santos não será privatizado e anuncia investimentos

A decisão impede que a gestão do complexo portuário seja desestatizada, que era o objetivo do governo anterior. De acordo com o ministro, o capital privado será atraído para investimentos por meio de Parcerias Público Privadas (PPPs). Ele estima, inclusive, que o Porto de Santos receba investimentos de R$ 13,4 bilhões em um período de oito a dez anos. A construção do túnel Santos-Guarujá, por exemplo, será viabilizada por meio […]

today27 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%