Tocando:

Rádio 97Web

Ações sociais aproximam Usiminas da comunidade

Escrito por em 14 de janeiro de 2021

Companhia apoia obras em saúde, educação e cultura

As indústrias foram responsáveis por 22% do Produto Interno Bruto (PIB) do país no ano passado. Mas é na atuação social que essas grandes companhias vêm, de fato, se destacando. Mais que geração de empregos e melhores salários, essas empresas fazem a diferença na vida de milhares de pessoas que vivem em comunidades vizinhas às suas operações. No caso da Usiminas, vão além da vizinhança.

Em 1993 a Usiminas criou o Instituto Usiminas para realizar uma gestão dedicada às iniciativas culturais e esportivas. Quando no Brasil o assunto “responsabilidade social” ainda era novidade, a Usiminas já estava à frente de seu tempo, utilizando a arte para transformar vidas e construir caminhos.

“O apoio ao esporte e à cultura são fundamentais para o desenvolvimento das comunidades e a Usiminas, por meio do Instituto, trabalha em parceria com os municípios, buscando projetos para que possamos contribuir com a continuidade das iniciativas”, afirma a diretora Corporativa de Comunicação e Relações Institucionais da Usiminas, Ana Gabriela Dias Cardoso.

“Apoiamos cultura, esporte e nos colocamos como uma instituição na qual cabem todas as linguagens e interlocuções: arte, educação, meio ambiente, arte-cultura, arte-educação, educação ambiental e apoio a projetos sociais diversos”, ressalta Penélope Portugal, diretora do Instituto Usiminas. Na Baixada Santista, a instituição foi responsável por um aporte de R$ 6 milhões em 38 projetos culturais, esportivos e sociais por meio das leis de incentivo de 2015 para cá.

Entre as ações sociais apoiadas pela Usiminas está a Associação Sócio-Cultural e Educacional Zabelê, uma iniciativa que oferece dança, música, teatro e artes visuais para 84 crianças e adolescentes do bairro Mantiqueira, em Cubatão. A pandemia obrigou a mudança nas ações oferecidas pela associação. Na oficina de costura, por exemplo, onde normalmente são confeccionadas roupas e acessórios, mais de 14 mil máscaras foram produzidas, sob encomenda da Usiminas, gerando renda para as mulheres, a maioria responsável pelos lares.

Hospital

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), o braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação, completou 51 anos no último mês de dezembro, e é reconhecida, em Minas Gerais, pela qualidade do serviço que oferece, seja no SUS ou para redes conveniadas na região do Vale do Aço, interior mineiro. A entidade chegou à Baixada Santista em dezembro de 2017, quando assumiu a administração do Hospital de Cubatão, até então fechado. Hoje, a unidade é referência no atendimento regional da rede pública de saúde e tem um trabalho de destaque no combate à pandemia do Novo Coronavírus.

Hospital de Cubatão tornou-se modelo em atendimento SUS — Foto: (Matheus Tagé/AT)

USIMINAS conteúdo de responsabilidade do anunciante

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Continue lendo