Gospel Prime

Acusações são retiradas contra mulher que orou em frente à clínica de aborto

today7 de fevereiro de 2023 15

Fundo
share close

As autoridades do Reino Unido, Crown Prosecution Service (CPS), retiraram suas acusações contra Isabel Vaughan-Spruce, criminalmente acusada de orar perto de uma clínica de aborto. Seus advogados da Alliance Defending Freedom UK, afirmam que ela continuará a aguardar a justiça enquanto busca a remoção total de suas acusações.

De acordo com Faith Wire, a incerteza quanto a seus direitos legais levou Isabel a temer novas acusações ou questões legais em potencial para avançar, por isso ela está procurando por um “veredicto claro no tribunal”. Em uma declaração seus advogados apontaram que a interrupção a deixou com significativa falta de clareza jurídica.

Desta forma, Vaughan-Spruce, diretora da Marcha pela Vida do Reino Unido, foi presa em Birmingham, Inglaterra, em dezembro, após ela dizer que “poderia” estar orando silenciosamente quando questionada sobre o porquê de estar em uma rua pública próxima a uma clínica de aborto.

Sendo assim, as autoridades receberam queixas de um observador que suspeitava que ela estava orando silenciosamente, em pensamento, em uma chamada “zona de censura”. O vídeo de seu encontro com a polícia se tornou viral e provocou uma reação internacional.

Assim, no vídeo Vaughan-Spruce aparece interagindo com a polícia e explicando que ela “poderia” estar orando em sua cabeça, mas não que não estava protestando, e então um policial declara sua prisão antes de detê-la.



“Não pode ser certo que eu tenha sido presa e transformada em criminosa, apenas por orar na minha cabeça em uma rua pública. A chamada ‘legislação da zona censura’ resultará em muito mais pessoas como eu, fazendo atividades boas e legais como oferecer apoio caridoso às mulheres em gravidez de crise, ou simplesmente orando em suas cabeças, sendo tratadas como criminosas e até mesmo enfrentando o tribunal”, disse.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

fiscalizacao-das-praias-realiza-quase-30-mil-acoes-e-ja-se-prepara-para-o-carnaval

Prefeitura de Guarujá

Fiscalização das praias realiza quase 30 mil ações e já se prepara para o Carnaval

Ação visa garantir a ordem e o cumprimento da legislação municipal contra irregularidades; em 50 dias, a Operação Verão, que segue até o Carnaval, já registrou 29.632 ações ao longo das orlas da Cidade A Operação Verão de Fiscalização das Praias 2022/2023, em atividade desde 17 de dezembro do ano passado, será intensificada no período de Carnaval, quando milhares de pessoas buscam  as praias da Cidade. Em 50 dias de atividades, […]

today7 de fevereiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%