G1 Mundo

Adolescente que sumiu durante férias e foi encontrado na França voltará à Inglaterra nos próximos dias

today15 de dezembro de 2023 10

Fundo
share close

A Polícia da Grande Manchester (GMP) disse que estava trabalhando com as autoridades francesas para trazer Alex Batty de volta ao Reino Unido.

“Ele está sendo bem cuidado pelas autoridades francesas neste momento… Nossa prioridade é levá-lo de volta ao Reino Unido e levá-lo de volta para sua família em Oldham o mais rápido possível, o que deve acontecer nos próximos dias”, disse o chefe assistente do GMP, Chris Sykes, em entrevista coletiva.

Alex — então com 11 anos — desapareceu durante uma viagem com a mãe, Melanie, e o avô, David, a Málaga, na Espanha, em 2017.



Segundo Susan, a avó de Alex, a mãe dele foi responsável pelo sequestro. Em entrevista para a BBC, ela diz que a mãe não tinha a guarda da criança e que agiu em companhia com o avô.

O paradeiro da mãe e do avô de Alex ainda é desconhecido.

“Ainda temos algum trabalho a fazer para estabelecer todas as circunstâncias que rodearam o seu desaparecimento e onde ele esteve durante todos estes anos”, disse o chefe assistente do GMP, Chris Sykes.

Alex falou com sua avó por videochamada nesta quinta, disseram as autoridades.

Como Alex foi encontrado?

Fabien Accidini, cidadão francês que resgatou Alex Batty em Toulouse fala com a imprensa em 15 de dezembro de 2023 — Foto: BFMTV/via REUTERS

O garoto foi encontrado por Fabien Accidini, um cidadão francês que trabalha como entregador, a alguns quilômetros da cidade de Toulouse.

Accidini disse durante uma entrevista para a rede francesa TF1, que o rapaz estava com seu skate, com uma lanterna e uma mochila nas costas andando por uma rodovia às 3h da madrugada no horário local.

O motorista então teria chamado a atenção do adolescente e oferecido ajuda.

Alex pediu para enviar uma mensagem para sua avó passando-a segurança.

“Olá vovó, sou eu, Alex. Estou na França, em Toulouse. Espero muito que você receba esta mensagem. Eu te amo. Quero voltar para casa”, dizia o texto.

Fabien Accidini mostra mensagem enviada por Alex para a avó Susan — Foto: BFMTV via REUTERS

Ainda segundo Fabien Accidini, ele percebeu que o garoto não era francês e perguntou sobre como ele tinha chegado ali.

Após ouvir brevemente a história, Fabien terminou suas entregas e levou Alex para a polícia local, que confirmou a identidade do adolescente inglês e começou o processo para repatriação do rapaz.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

como-suecia-‘deixou-de-ser-um-pais-seguro’

G1 Mundo

Como Suécia ‘deixou de ser um país seguro’

Meia hora ao norte do centro de Estocolmo, Upplands-Bro tem clubes náuticos à beira do lago, vilas de madeira vermelho-cobre e apartamentos ladeados por pinheiros. Mas um rapaz de 14 anos foi encontrado morto numa floresta aqui em agosto, e desde janeiro têm havido vários tiroteios e ataques contra casas e apartamentos. "É horrível. Fomos acordados por explosões na vizinhança e é assustador", diz Anna Petterson, de 42 anos, que […]

today15 de dezembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%