Prefeitura de Guarujá

Alunos de Guarujá exploram Fortaleza da Barra Grande em: “A Caçada”

today11 de novembro de 2022 14

Fundo
share close

Atividade envolveu 33 alunos da Escola Estadual Nossa Senhora dos Navegantes na história do local

Contribuindo para o conhecimento histórico, 33 estudantes da Escola Estadual Nossa Senhora dos Navegantes participaram no último dia 4, de “A Caçada”, uma atividade de imersão cultural na Fortaleza da Barra Grande (Santa Cruz dos Navegantes). A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Cultura de Guarujá (Secult), o Grupo de Pesquisa Patrimônio e Pertencimento da Universidade Católica de Santos (Unisantos) e o Museu da Fortaleza da Barra Grande.

Além de uma apresentação teórica sobre a história da Fortaleza, os alunos iniciaram uma “caça ao tesouro” ao redor da fortificação, encontrando cartas com informações adicionais e detalhes sobre a história do patrimônio. Houve também concurso de cosplay e de ilustrações, que servirão de base para a criação de cartas em um RPG (role-playing game) de mesa temático sobre o local.

“Queremos criar uma sensação de apropriação afetiva nesses jovens por meio de um ensino mais lúdico, com várias histórias, mitos e lendas sobre este lugar que faz parte da comunidade e que deve ser protegido por eles”, afirma o arquiteto e líder do grupo, Cesar Bargo Perez.

De acordo com a professora de Educação Física da Escola, Cassandra Dornelas, as crianças se divertiram muito. “É ótimo conhecer um patrimônio da própria comunidade de uma forma diferente”. Misael Inácio Gomes, aluno do ensino médio, disse que as atividades “divertem a comunidade e incentivam a criatividade”.



Alícia da Silva Etinger, também do Ensino Médio enfatizou a importância do local. “Temos um patrimônio histórico perto de onde moramos e acho que ações como essa são fundamentais para a valorizarmos a nossa história”. Já Lorena da Silva, do 7º ano, reforçou que “o evento une a nossa comunidade em volta de uma brincadeira educativa”.

Também presente na atividade estava a superintendente de Patrimônio Histórico-Cultural e Arquitetônico da Prefeitura, que parabenizou os envolvidos pela ação. “Quanto mais a comunidade visita e aprende sobre a Fortaleza, mais se gera um sentimento de preservação e de respeito pela cultura e história da Cidade”, disse.

Fortaleza

Construída no século XVI, durante a unificação das coroas portuguesa e espanhola, com o intuito de proteger a então Vila de Santos e o Porto de Santos dos ataques de invasores, em 1964 a Fortaleza da Barra Grande foi reconhecida como patrimônio histórico nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Atualmente é administrada pela Prefeitura, por meio da Secult, em consonância com o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT) e com o IPHAN.

Passou a concorrer ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 2019, para fazer parte do Conjunto de Fortificações do Brasil, representando o Estado de São Paulo junto com o Forte São João, em Bertioga, que também concorre ao título. Hoje, 19 fortalezas do perímetro brasileiro fazem parte do conjunto de bens seriados em busca de reconhecimento mundial.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Arhtur Godioso

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

suspeitos-de-integrar-quadrilha-que-sequestrou-casal-em-carro-de-luxo-na-porta-de-motel-sao-presos-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Suspeitos de integrar quadrilha que sequestrou casal em carro de luxo na porta de motel são presos no litoral de SP

Segundo a Polícia Civil, durante a operação desta sexta-feira foram cumpridos seis mandados de prisão e seis de busca e apreensão, na Zona Noroeste. De acordo com as investigações da polícia, a quadrilha abordava as vítimas, principalmente com carros de luxo, e anunciava o sequestro. Em posse dessas pessoas e dentro do carro utilizado por elas, as vítimas eram levadas para cativeiros, localizados em morros da cidade. Os criminosos obrigavam […]

today11 de novembro de 2022 45

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%