G1 Mundo

Ao lado de Kim Jong-un, Putin diz lutar contra hegemonia dos EUA e agradece apoio da Coreia do Norte

today19 de junho de 2024 6

Fundo
share close

Putin está na Coreia do Norte, na primeira viagem dele ao país em 24 anos. Antes da reunião com Kim Jong-un, o presidente russo participou de uma cerimônia de boas-vindas que contou com a presença de militares e uma multidão de civis.

O presidente russo e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, assinaram um acordo de parceria estratégica em Pyongyang, informaram agências de notícias russas. O conteúdo do documento, porém, não foi revelado.

O Ocidente teme um fortalecimento da cooperação militar entre Moscou e Pyongyang, que já fornece ao exército russo munições e mísseis para a sua ofensiva na Ucrânia.



“Hoje, um novo documento fundamental que estabelecerá as bases das nossas relações de longo prazo está pronto”, disse Putin, citado por agências de notícias russas.

Depois da cerimônia, Kim e Putin conversaram. O presidente da Rússia agradeceu o apoio “inabalável” da Coreia do Norte à política russa, inclusive no que diz respeito à Ucrânia.

Putin disse ainda que os Estados Unidos e países aliados possuem uma política hegemônica e imperialista, que está sendo combatida por ele.

Putin e Kim Jong-un durante encontro na Coreia do Norte, em 19 de junho de 2024 — Foto: Sputnik/Gavriil Grigorov via Reuters

Já Kim Jong-un afirmou que as relações entre Rússia e Coreia do Sul estão entrando em um período de nova prosperidade. Ele também demonstrou a intenção de ampliar a cooperação estratégica com país.

Kim também afirmou que apoia completamente a “operação militar” na Ucrânia e reforçou o apoio “incondicional” à Rússia.

Os Estados Unidos temem que a Rússia contribua para o programa nuclear e armamentista da Coreia do Norte.

Além disso, o governo norte-americano acusa a Rússia de usar armas da Coreia do Norte na Ucrânia. Tanto Moscou quanto Pyongyang negam troca de armas.

Ainda durante o encontro Putin convidou Kim Jong-un para uma nova reunião em Moscou. O líder norte-coreano esteve na Rússia em setembro de 2023. No entanto, à época, o encontro com Putin aconteceu em uma cidade próxima à fronteira com a Coreia do Norte.

Kim e Putin também tiveram uma reunião fechada para discutir os temas “mais importantes e sensíveis”.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

por-que-alianca-fortalecida-entre-putin-e-kim-jong-un-preocupa-tanto-os-eua

G1 Mundo

Por que aliança fortalecida entre Putin e Kim Jong-un preocupa tanto os EUA

Há anos, autoridades americanas vêm tentando isolar a Coreia do Norte com sanções internacionais, devido ao programa de armas nucleares do país. E desde 2022, a Rússia vem sendo alvo de esforços semelhantes, por causa da invasão da Ucrânia. Agora autoridades americanas temem a aproximação estratégica entre os dois países. Há diversos pontos que preocupam os EUA. Um deles é a cooperação militar — teme-se que a Rússia possa estar […]

today19 de junho de 2024 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%