Destaques

Após filha de 5 anos sobreviver a bala perdida, mãe louva a Deus

today25 de junho de 2024 2

Fundo
share close

Os recentes eventos no Rio de Janeiro destacam a violência persistente e suas trágicas consequências, especialmente para as crianças. Dois casos recentes envolveram crianças atingidas por balas perdidas durante confrontos entre criminosos e forças policiais, ambos resultando em graves ferimentos, mas também em notáveis recuperações que são vistas por suas famílias como milagrosas.

No primeiro caso, uma menina de cinco anos foi atingida por uma bala perdida enquanto ia para a escola com seu pai no Morro da Mineira, no Catumbi. Durante uma troca de tiros entre criminosos locais, a menina foi baleada e levada para o Hospital Municipal Souza Aguiar, onde ficou internada por uma semana. A mãe, Raquel Ferreira, pastora, expressou profunda gratidão a Deus pela recuperação da filha, afirmando nas redes sociais que inicialmente temeu o pior, mas agora celebra a vida da criança como um milagre divino.

No segundo caso, uma adolescente de 13 anos foi baleada na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, enquanto voltava do balé com uma tia. A bala atingiu sua barriga durante um confronto na comunidade da Pixunas. Ela permanece internada no Hospital Municipal Souza Aguiar, mas tem apresentado uma recuperação impressionante, superando as expectativas médicas. A família tem mantido uma corrente de oração pela sua recuperação e relata que a adolescente, apesar das dores, está se recuperando bem e continua com sua fé inabalada.

Ambos os casos estão sendo investigados pelas autoridades competentes. A Polícia Militar reforçou o policiamento nas áreas afetadas e está colaborando com as investigações para identificar os responsáveis pelos disparos. Além disso, a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) e a 37ª DP (Ilha do Governador) estão conduzindo inquéritos para apurar as circunstâncias dos confrontos que resultaram nos ferimentos das crianças.

Esses eventos ressaltam a contínua ameaça da violência armada no Rio de Janeiro, especialmente em áreas de conflito frequente entre criminosos e forças de segurança. A comunidade e as famílias das vítimas, no entanto, continuam a encontrar força e esperança na recuperação de seus entes queridos, vendo esses momentos de superação como sinais de fé e resiliência.






Todos os créditos desta notícia pertecem a Destaques.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

idoso-morre-atropelado-por-caminhao-ao-cruzar-rodovia-em-bicicleta

G1 Santos

Idoso morre atropelado por caminhão ao cruzar rodovia em bicicleta

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, vítima tinha 64 anos. O caso aconteceu na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, na altura de Guarujá (SP). Ciclista morreu atropelado por caminhão ao cruzar rodovia em Guarujá (SP) — Foto: Reprodução/Artesp Um ciclista, de 64 anos, morreu atropelado por um caminhão na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) […]

today25 de junho de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%