Gospel Prime

Após Twitter e Instagram, Nikolas Ferreira é censurado no Facebook

today10 de novembro de 2022 37

Fundo
share close

A ditadura do Judiciário continua avançando, tirando o deputado federal mais votado do país, Nikolas Ferreira (PL-MG), de mais uma rede social, desta vez do Facebook.

Após as censuras sofridas em seus perfis no Twitter e no Instagram, o deputado afirmou em seus canais no Telegram e no YouTube que sua página no Facebook também foi “derrubada”.

Segundo ele, os três perfis desativados somavam “quase dez milhões de seguidores”. O deputado eleito ainda mantém seu perfil no TikTok ativo, onde soma 3,5 milhões de seguidores.

Curiosamente, as censuras impostas são por causa de questionamentos a integridade do sistema eletrônico de votação, que também foi colocado em risco por relatório das Forças Armadas.

Enquanto a censura avança, conservadores questionam quem terá coragem de parar os abusos impostos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).






Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Michael Caceres

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

filho-do-pastor-waguinho-e-assassinado-no-rio-de-janeiro

Gospel Prime

Filho do pastor Waguinho é assassinado no Rio de Janeiro

Foi assassinado no Rio de Janeiro na última terça-feira (8) o filho do pastor Waguinho, Lucas Felipe, depois de levar um tiro. De acordo com o Jornal Extra, o corpo do jovem será enterrado no cemitério de Irajá, na Zona Norte da capital fluminense. Através das redes sociais, o irmão mais velho de Lucas lamentou a perda, afirmando que a família está de coração partido. “É, cabeça, sua partida precoce […]

today10 de novembro de 2022 28

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%