G1 Santos

Aranha-caranguejo: conheça o aracnídeo gigante encontrado por brasileiros em banheiro na Austrália

today3 de julho de 2024 1

Fundo
share close

Os jovens de 27 anos anos viviam em Praia Grande, no litoral de São Paulo, antes de se mudarem para Gold Coast em 2023. Victoria e Gabriel Magliani contaram que encontrar a aranha-caranguejo marcou o “batismo” deles com animais “assustadores” no país da Oceania (assista acima).

Aranha-caranguejo (Heteropoda venatoria) — Foto: NurPhoto/NurPhoto via Getty Images



Ao g1, o veterinário Gabriel Silva, que trabalha na “Salvator”, um projeto que atende animais silvestres, afirmou que as aranhas-caranguejo podem ter de 10 a 15 centímetros, sendo as fêmeas as maiores da espécie.

Já o veterinário Danilo Sato Martins, que é especializado em animais silvestres e exóticos, explicou sobre o nome da espécie. De acordo com ele, a formação das patas longas faz com que as aranhas consigam andar de lado, como caranguejos.

De acordo com Gabriel, a espécie é oriunda do continente asiático, mas pode ser encontrada pelo mundo inteiro. Danilo acrescentou que as aranhas-caranguejo são mais comuns em áreas tropicais, como a Baixada Santista (SP), por exemplo.

Ainda segundo Danilo, elas têm hábitos noturnos e costumam ficar mais entocadas. Há, inclusive, registros da aparição delas em cachos de banana.

Casal brasileiro encontra aranha ‘gigante’ em banheiro na Austrália — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Aranhas-caranguejo são venenosas?

O veterinário Gabriel afirmou que, apesar do tamanho, a aranha-caranguejo não é agressiva como outras espécies, mas ela pode picar. A espécie possui um veneno que não causa acidentes graves em humanos — diferente da aranha-marrom, por exemplo. Entretanto, é o suficiente para a picada ser dolorosa na área atingida.

“Na hora da picada, (deve-se) realizar limpeza da região apenas com água corrente e sabão”, orientou o veterinário. “Em caso de muito inchaço ou outro sintoma, a pessoa deve procurar um posto médico”, disse ele.

Ao encontrar aranhas, mesmo que seja dentro de casa, o Instituto Butantan afirmou que o ideal é acionar o Centro de Controle de Zoonoses ou o Corpo de Bombeiros da região. A orientação tem como objetivo evitar que a pessoa corra o risco de ser picada.

Extração de veneno da aranha-marrom para soro antiaracnídico — Foto: Divulgação/Instituto Butantan

No caso das aranhas-caranguejo, Danilo explicou que o soro antiaracnídico não é necessário. Além da espécie dificilmente causar uma intoxicação, de acordo com a bula do Instituto Butantan, a solução é indicada para acidentes moderados e graves causados por aranhas Loxosceles (aranha-marrom) e Phoneutria (aranha-armadeira), além de escorpiões Tityus (marrom e amarelo).

Ainda conforme está descrito no documento da instituição, a maioria dos acidentes leves não necessitam de tratamento antiveneno.

Dicas para evitar acidentes com aranhas em casa:

  • Sempre olhar roupas antes de vestir e toalhas antes de se secar;
  • Bater os calçados para ver se não há nenhuma dentro;
  • Evitar deixar o lençol e cobertas da cama encostando no chão, que elas podem usar para subir na cama;
  • Vedar vãos de portas e janelas e buracos na parede casa.

O caso aconteceu no banheiro do apartamento onde os jovens moram, em Gold Coast. A cidade fica a aproximadamente mil quilômetros de Camberra, capital da Austrália.

Victoria contou que, em um ano e três meses vivendo na Austrália, foi ‘alertada’ por conhecidos sobre as possíveis ‘visitas’ de animais do tipo nas casas. Além disso, o casal pesquisou sobre a fauna “assustadora” no país antes mesmo de sair do Brasil, mas, mesmo assim, o susto foi grande.

“Praticamente nos preparamos para tudo, não apenas para ver cangurus”, brincou ela. “Levamos um susto porque ela era enorme. Fiquei com muito medo. Se não fosse o Gabriel, não sei o que faria, pois não teria coragem de matá-la e muito menos capturá-la”.

Segundo o casal, a aranha-caranguejo tinha mais de 15 centímetros. Para tirar o animal de casa, Gabriel usou um pote para capturá-lo e, em seguida, abriu o recipiente no quintal do prédio. “Não fazia sentido matá-la”, explicou ele.

Brasileiros abandonam carreiras em busca de 'recomeço' na Austrália

Brasileiros abandonam carreiras em busca de ‘recomeço’ na Austrália

Victoria Maria de Souza Magliani trabalhava como analista fiscal em uma empresa multinacional, e o marido dela, Gabriel Magliani da Silva, como técnico de campo em uma companhia de publicidade.

Eles decidiram abandonar as carreiras em Praia Grande (SP), cidade onde moravam, para “viver um sonho” na Austrália. A ‘aventura’ é registrada em uma espécie de ‘diário on-line’, em um perfil chamado ‘O Casal Sem Raiz’ que conta com mais de 50 mil seguidores no Instagram.

“Nos planejamos muito, e este sempre foi o nosso sonho”, disse Victoria. “Do momento em que chegamos aqui até agora, não pensamos em voltar, pelo contrário”.

Casal se emocionou ao ‘conhecer’ cangurus na Austrália — Foto: Arquivo Pessoal




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

adolescente-que-espancou-e-jogou-enteado-de-2-anos-contra-parede-‘escapou’-da-prisao-por-dois-dias;-entenda

G1 Santos

Adolescente que espancou e jogou enteado de 2 anos contra parede ‘escapou’ da prisão por dois dias; entenda

O rapaz foi apreendido na madrugada de segunda-feira (1º) após confessar ter agredido a criança em casa, no bairro Vila Margarida, em São Vicente, porque ela estava chorando. Conforme apurado pelo g1, o casal passou por audiência de custódia na terça-feira (2) e segue detido. Em decorrência das lesões, a criança sofreu um traumatismo cranioencefálico e, segundo a Santa Casa de Santos, segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) […]

today3 de julho de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%