G1 Mundo

Ariel Palacios sobre visita de Maduro ao Brasil: ‘Tendo que se comportar’

today29 de maio de 2023 10

Fundo
share close

O correspondente para América Latina, Ariel Palacios, analisou a visita do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ao Brasil. Após encontro com Lula, o presidente Venezuelano falou com a imprensa, uma situação a qual ele não está acostumado em visitas a outros países.

“Vimos um Maduro bastante moderado, sem aqueles discursos bombásticos e pirotécnicos de outrora. Bem na verdade, está na frente de jornalistas que podem fazer perguntas, o que na Venezuela não acontece. Temos um Maduro que está tendo que se comportar em um cenário ao qual não está acostumado, pois não está em Moscou, em Pequim, não está visitando Orbán em Budapeste ou Erdogan em Ancara”, disse.

Ariel também chamou atenção para o discurso do presidente Lula, fazendo referências às medidas sociais de Hugo Chávez. “Muitos chavistas históricos criticam Maduro por considerar que ele traiu os ideais de Chávez. É preciso separar o que Chávez fez na área social do que Maduro fez, que foi nada”.



Por fim, o comentarista fala sobre as 900 sanções aplicadas pelos Estados Unidos e citadas por Maduro. “Venezuela é um país e, na realidade, a imensa maioria das sanções foram contra integrantes do governo, associados e empresas. De fato, tiveram sanções contra títulos da dívida, bônus e venda de petróleo, mas a imensa maioria das sanções não foram contra o país”, completa.

'Momento histórico', diz Lula sobre reunião com Maduro em Brasília

‘Momento histórico’, diz Lula sobre reunião com Maduro em Brasília

Reunião bilateral e cúpula do Sul

Maduro está no Brasil para a cúpula de líderes da América do Sul que começa nesta terça (30). Ele chegou ao Planalto às 10h36 acompanhado de sua esposa, Cilia Flores Maduro, e subiu a rampa do Palácio, onde foi recepcionado por Lula e a primeira-dama, Janja.

Os dois mandatários tiveram em uma reunião reservada e, na sequência, um encontro ampliado, com outros integrantes da comitiva venezuelana e do governo brasileiro.

Lula e Maduro assinaram memorandos de entendimento na área agrícola, além de um mecanismo de supervisão da cooperação bilateral.

As relações entre os dois países foram rompidas pelo governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. Ainda em 2019, após assumir, Bolsonaro deixou de reconhecer Maduro como presidente venezuelano e passou a aceitar Juan Guaidó como presidente interino. Outros países também aceitam a representação de Guaidó.

A relação foi retomada assim que Lula assumiu a presidência e, em 18 de janeiro, o Brasil estabeleceu representação diplomática para atuar na embaixada brasileira em Caracas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘hoje-comeca-uma-nova-epoca-de-relacao-entre-os-paises’,-diz-maduro-apos-encontro-com-lula

G1 Mundo

‘Hoje começa uma nova época de relação entre os países’, diz Maduro após encontro com Lula

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se reuniu com o presidente Lula nesta segunda-feira (29). Após o encontro, ambos fizeram um pronunciamento oficial. Durante seu discurso, Maduro disse que enxerga os dois países próximos novamente. "Hoje começa uma nova época de relação entre os países, entre nossos povos. De cooperação e de trabalho conjunto; que abarque todas as áreas: a economia, comércio, educação, saúde, cultura, agricultura. Com relacionamentos horizontais entre […]

today29 de maio de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%