G1 Mundo

Arqueólogos descobrem corredor de 3 mil anos que ‘parou no tempo’ no Peru

today13 de julho de 2023 7

share close

A “passagem do condor”, como foi apelidada, é parte de um templo da antiga cultura chavín e estava selada quando foi descoberta.


Entrada no templo chavín onde a galeria foi encontrada. — Foto: Antamina/Reuters



No Peru, arqueólogos descobriram um corredor de 3 mil anos que “parou no tempo”, segundo um comunicado divulgado pela equipe na terça-feira (11). A “passagem do condor”, como foi apelidada, é parte de um templo da antiga cultura chavín e estava selada quando foi descoberta.

Localizado a cerca de 306 km a nordeste de Lima, o sítio arqueológico de Chavín de Huantar está entre os centros mais importantes da cultura andina, que ocupou a região entre 1.500 e 550 a.C. OS pesquisadores acreditam que a passagem leva a outras câmaras no edifício.

A “passagem do condor” descoberta pelos arqueólogos. — Foto: Antamina

“Estamos olhando para uma galeria do início da cultura chavín (…) que foi usada até meados do período chavín, e que, devido à instabilidade do espaço, foi fechada definitivamente”, disse John Rick, arqueólogo que trabalhou nas escavações. “Portanto, [este corredor] congelou no tempo.”

Na galeria, os cientistas também encontraram uma tigela e uma grande peça de cerâmica decorada com o que parece ser a cabeça e as asas de um condor. A ave, uma das maiores do mundo, era associada ao poder e à prosperidade nas antigas culturas andinas.

O povo chavín ficou conhecido por sua arte avançada, muitas vezes com representações de pássaros e felinos. Eles remontam às primeiras comunidades agrícolas sedentárias nas terras altas do norte dos Andes peruanos, mais de 2 mil anos antes do Império Inca surgir.

À esquerda, tigela de cerâmica, e à direita, peça decorada com condor. — Foto: Antamina

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Crise econômica na Argentina gera ‘turismo de supermercado’ de países vizinhos

A gerente do supermercado uruguaio, Noelia Romero, disse que as vendas estão em queda acelerada, pois seus clientes fazem cada vez mais viagens de um dia à Argentina em busca de pechinchas. "Fomos duramente atingidos em termos de mantimentos e produtos de limpeza", disse Romero. Ela trabalha na cidade de Fray Bentos, separada pelo rio Uruguai da cidade argentina de Gualeguaychu, facilmente acessível por ponte. A Argentina luta contra uma inflação de mais de 100% e uma moeda fraca, o […]

today13 de julho de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%