G1 Santos

Associação Comercial de Santos sediará evento da ONU que estimula pesquisas pela proteção dos oceanos

today9 de maio de 2023 17

Fundo
share close

A Associação Comercial de Santos (ACS), no litoral de São Paulo, reunirá, a partir desta quarta-feira (10) até 17 de maio, estudantes, pesquisadores e especialistas internacionais de 27 países para a primeira oficina de 2023 do Processo Regular das Nações Unidas. A iniciativa tem por objetivo estimular as pesquisas sobre o ambiente marinho, que podem ajudar na adoção de decisões de políticas para proteger os oceanos.

A abertura do 5º fórum de jovens embaixadores do oceano aconteceu nesta terça-feira (9) e contou com a presença de mais de 120 estudantes, de 11 e 14 anos, que tiveram uma troca com especialistas a respeito da cultura oceânica.

Nesta quarta-feira começará, de fato, o evento é promovido pela Divisão de Assuntos Oceânicos e Direito do Mar da Organização das Nações Unidas (ONU) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), por meio do Programa Maré de Ciência com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).



Durante as atividades os participantes vão debater questões relacionadas ao Atlântico Sul e Caribe com objetivo de financiar e produzir o próximo relatório global de avaliação do estado do oceano, previsto para ser lançado em 2025.

O MCTI e a Unifesp anunciaram, ainda nesta terça-feira (9), na ACS, dois editais para apoiar iniciativas que promovem a cultura oceânica em escolas.

O edital “Feira de Ciências – Escola Azul” incentiva trabalhos científicos de estudantes do Ensino Infantil, Fundamental, Médio e Técnico sobre oceanos e ciência básica para o desenvolvimento sustentável. O edital também contempla educação indígena, quilombola e de jovens e adultos.

Os trabalhos serão apresentados durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que será realizada em outubro. Haverá premiação de bolsas de apoio técnico para os professores e de iniciação científica júnior para os estudantes.

O edital “Olimpíada do Oceano” aborda o ensino formal e não-formal para a compreensão do papel do oceano na rotina das pessoas. A novidade é que, além da etapa nacional, haverá a internacional. Os medalhistas nas categorias ouro e prata do Brasil vão concorrer com outros países.

A etapa nacional prevê premiação para os alunos de escolas públicas com cem bolsas de iniciação científica júnior que terão duração de dez meses. O edital prevê que 60% das bolsas serão destinadas a meninas.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jornalista-da-agencia-afp-morre-em-disparo-de-foguetes-no-leste-da-ucrania

G1 Mundo

Jornalista da agência AFP morre em disparo de foguetes no leste da Ucrânia

O bombardeio ocorreu por volta das 16h30 locais (10h30 de Brasília) nos arredores de Chasiv Yar, localidade ucraniana perto de Bakhmut, assediada diariamente pelas forças russas. Exército da Ucrânia diz que Moscou e Kiev estão trocando posições na disputa por Bakhmut Arman Soldin, de 32 anos, estava na companhia de quatro colegas, que saíram ilesos. Eles estavam com militares ucranianos quando foram surpreendidos pela salva de foguetes. A família de […]

today9 de maio de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%