G1 Mundo

Ataque com míssil mata criança de 2 anos e deixa 22 pessoas feridas na Ucrânia, diz governo

today4 de junho de 2023 14

Fundo
share close

Dois prédios e casas foram atingidos por ataque atribuído à Rússia, no sábado (3). Desde o início da guerra, 485 crianças morreram, segundo a Procuradoria-Geral da Ucrânia.


Socorristas resgatam vítima que se feriu durante ataque a Dnipro, em 3 de junho de 2023 — Foto: Serviço de Emergência da Ucrânia/Reuters



Um ataque com míssil matou uma menina de 2 anos e deixou outras 22 pessoas feridas em Dnipro, na Ucrânia, no sábado (3). De acordo com autoridades locais, o ataque foi promovido pela Rússia e atingiu uma área residencial da cidade.

Segundo o governo regional, o míssil atingiu dois prédios e danificou residências. O governador Serhiy Lysak disse que o corpo da criança que morreu foi encontrado entre os escombros de uma casa.

Pelo menos 17 pessoas que ficaram feridas por causa do ataque foram encaminhadas para o hospital. Entre as vítimas que se machucaram estão cinco crianças.

O chefe do conselho da região de Dnipropetrovsk, Mykola Lukashuk, informou que 17 crianças morreram na região desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, em fevereiro de 2022. Em todo país, a guerra provocou a morte de 485 crianças, segundo a Procuradoria-Geral.

“Nenhuma palavra pode aliviar a dor dos pais que perderam o que há de mais precioso em suas vidas”, disse Lukashuk.

Neste domingo (4), a Rússia lançou novos ataques contra a Ucrânia. A Força Aérea ucraniana disse que conseguiu interceptar mais da metade dos alvos aéreos lançados, incluindo quatro mísseis de cruzeiro e três drones.

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

os-ossos-que-revelam-a-brutalidade-do-trabalho-infantil-na-revolucao-industrial-britanica

G1 Mundo

Os ossos que revelam a brutalidade do trabalho infantil na Revolução Industrial britânica

Rebecca Gowland é professora de bioarqueologia (o estudo de restos biológicos) da Universidade de Durham, no norte da Inglaterra. E é uma das autoras de um estudo sem precedentes, que revela as horríveis condições das crianças trabalhadoras — algumas com apenas sete anos — na Inglaterra do século 19. A vida de menores pobres enviados como "aprendizes paupérrimos" para as fábricas de tecidos durante a Revolução Industrial já foi documentada […]

today4 de junho de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%