G1 Mundo

Ataque do Hamas em Jerusalém deixa 3 mortos e 6 feridos

today30 de novembro de 2023 5

Fundo
share close

O Hamas reivindicou autoria e disse que os autores do atentado faziam parte do Al-Qassam, o braço armado do grupo terrorista.

Segundo a imprensa israelense, um homem, que é rabino, e duas mulheres foram as vítimas do ataque, que ocorre no último dia da prorrogação da trégua entre Israel e Hamas.

A polícia de Jerusalém afirmou que os terroristas, armados com um rifle e uma pistola, se aproximaram de um posto de controle entre a Cisjordânia e Israel e, de lá, dispararam contra civis em um ponto de ônibus na entrada de Jerusalém.



Logo, em seguida, foram mortos por militares israelenses, ainda segundo a polícia.

De acordo com a polícia, a mulher de 24 anos morreu no local. Outro homem chegou a ser resgatado com vida, mas morreu no hospital. Informações sobre a terceira vítima que morreu ainda não haviam sido divulgadas até a última atualização desta notícia.

Em comunicado, o Hamas afirmou que o ataque terrorista “foi uma resposta natural a crimes sem precedentes que vêm sendo conduzidos pela ocupação”, em referência a ações de Israel na Faixa de Gaza.

A agência interna de inteligência de Israel, Shin Bet, identificou os assassinos como os irmãos Murad e Ibrahim Namer. Murad, ainda de acordo com a Shin Bet, já havia sido preso no passado acusado de colaborar com grupos terroristas.

A Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém condenou o ataque. Já o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, que está em Tel Aviv, afirmou que o tiroteio é um lembrete “da ameaça do terrorismo que Israel e os israelenses enfrentam todos os dias”.

O atentado desta quarta ocorre no último dia da mais recente prorrogação do acordo de trégua entre Israel e Hamas. Pelo combinado, tropas israelenses fazem um pausa temporária nos ataques a Gaza e, em contrapartida, o grupo terrorista liberta reféns.

Uma nova leva de dez sequestrados pelo Hamas deve ser solta nesta tarde, segundo o governo israelense.

Ataque em Jerusalém deixou uma pessoa morta e 8 feridas, em 30 de novembro de 2023 — Foto: REUTERS/Ronen Zvulun

Esta não foi a primeira vez que Jerusalém foi alvo de um ataque a tiros neste ano. Em janeiro, um ataque terrorista deixou sete mortos e 10 feridos em uma sinagoga. Um dia depois, outro ataque feriu duas pessoas perto do centro histórico da cidade.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘peguei-a-faca-e-joguei-o-mais-longe-que-pude’,-diz-baiano-que-ajudou-carioca-a-parar-ataque-contra-criancas-na-irlanda

G1 Mundo

‘Peguei a faca e joguei o mais longe que pude’, diz baiano que ajudou carioca a parar ataque contra crianças na Irlanda

Eder Santos é natural de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, e mora na Irlanda. Ao relembrar como estava uma das vítimas, o baiano não conteve as lágrimas. "A criança estava com a mão sangrando, o rosto sujo de sangue e com o olhinho entreaberto", detalhou emocionado. Ele contou que estava a caminho de casa, de bicicleta, quando viu a situação depois de escutar uma mulher gritar do […]

today30 de novembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%