G1 Mundo

Atentado durante celebração de aniversário de Maomé mata mais de 50 no Paquistão

today29 de setembro de 2023 8

Fundo
share close

Um atentado suicida durante uma reunião religiosa na mesquita em Mastung, um distrito da província do Baluchistão, no sudoeste do Paquistão, deixou 52 mortos e 58 feridos nesta sexta-feira (29), informaram autoridades.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque. A província do Baluchistão foi, no passado, palco de ataques de militantes islâmicos e separatistas.

Os muçulmanos no Paquistão e em todo o mundo celebram o aniversário do profeta Maomé com reuniões públicas, data conhecida como Mawlid an-Nabi. Durante as celebrações, que duram o dia todo, eles também distribuem refeições gratuitas às pessoas.



Desde o ano passado, o Paquistão passa por um novo período de ataques. O conflito foi revivido quando um cessar-fogo entre o governo e o Tehreek-e-Taliban Pakistan (TTP), uma organização que reúne vários grupos islâmicos sunitas de linha dura, foi rompido.

O TTP negou ter realizado o ataque de sexta-feira.

Ambulância atende pessoa ferida por uma explosão em um atentado suicida na cidade de Mastung, no Paquistão, em 29 de setembro de 2023 — Foto: REUTERS

Em comunicado, o ministro interino do Interior, Sarfraz Bugti, expressou tristeza e pesar pela perda de vidas. Ele disse que foi um “ato hediondo” atingir as pessoas na procissão de Mawlid an-Nabi.

O governo declarou feriado nacional para o aniversário de nascimento do profeta Maomé, e o presidente Arif Alvi e o primeiro-ministro interino Anwaarul-haq-Kakar, em massagens separadas, apelaram à unidade e à adesão das pessoas aos ensinamentos do profeta do Islã.

Horas depois, uma nova explosão, desta vez em Peshawar (a mais de 600km de Mastung), deixou cerca de 30 a 40 pessoas presas nos escombros.

Até a última atualização desta reportagem, as autoridades locais não haviam divulgado se houve mortes.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

indigenas-brasileiros-devem-denunciar-na-onu-‘violacao-frontal’-com-marco-temporal-e-repressao-policial-em-protesto

G1 Mundo

Indígenas brasileiros devem denunciar na ONU ‘violação frontal’ com Marco Temporal e repressão policial em protesto

Indígenas brasileiros devem denunciar nesta sexta-feira (29) na ONU (Organização das Nações Unidas), na Suíça, a "violação frontal aos direitos dos povos indígenas" com a discussão do Marco Temporal no Congresso Nacional brasileiro, após o STF (Supremo Tribunal Federal) barrar a tese. A denúncia será feita pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e Conectas Direitos Humanos. Caso o projeto avance, indígenas e especialistas apontam que o Marco traria […]

today29 de setembro de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%