G1 Mundo

Ativistas paralisam aeroportos na Alemanha por algumas horas

today13 de julho de 2023 11

share close

O aeroporto de Hamburgo, no norte da Alemanha, teve que interromper operações durante quase quatro horas, entre 6h10 e 9h50. A paralisação provocou o cancelamento de 17 aterrissagens e 19 decolagens. Dez chegadas de voos tiveram que ser desviadas para outros aeroportos.

Segundo a polícia, vários ativistas invadiram a área restrita do aeroporto e se colaram às pistas de pouso e decolagem.

“Estamos protestando contra a falta de planejamento e aplicação da lei do governo sobre a crise climática”, disse o grupo.



Crítica contra crescente tráfego aéreo

Os ativistas do clima criticam o aumento contínuo do número de passageiros das companhias aéreas e as emissões associadas no setor da aviação.

“Em vez de apresentar um plano concreto sobre como isso pode ser evitado e como a meta de redução de emissões exigida legalmente pode ser alcançada, o Ministério dos Transportes está optando pela ‘abertura tecnológica'”, afirmou o Letzte Generation.

Em Düsseldorf, no oeste da Alemanha, membros do grupo também se colaram às pistas do aeroporto. Um fotógrafo da agência de notícias DPA informou que de seis a sete pessoas conseguiram acesso às pistas de pouso e decolagem pela manhã.

As operações de voo ficaram temporariamente restritas, e foram registrados atrasos de voos, segundo a administração do aeroporto.

Caminhão arrasta ativista

As ações do grupo, que, além de distúrbios de aeroportos e ataques a obras de arte em museus, incluem frequentes bloqueios de autovias, levaram nos últimos meses a confrontos com motoristas e resultaram emcentenas de processos judiciais contra os ativistas.

Durante um protesto no norte da Alemanha na quarta-feira, um ativista foi arrastado por um caminhão. Segundo a polícia, o incidente aconteceu em uma estrada principal durante um protesto em Stralsund, no estado de Mecklenburg-Pomerânia Ocidental.

O vídeo do incidente mostra o motorista do caminhão puxando três manifestantes que estavam bloqueando o tráfego para fora da estrada e ameaçando esmurrar pelo menos um deles. Em seguida, o homem volta ao volante e dá partida no veículo. Um jovem ativista, que havia voltado a se sentar em frente do veículo, é então empurrado por cerca de um metro (veja vídeo abaixo).

O motorista do caminhão, de 41 anos, seguiu em frente, mas se apresentou à polícia mais tarde. O motorista é investigado por tentativa de lesão corporal grave e já entregou às autoridades sua carteira de habilitação.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

‘Ilha dos gatos mortos’: doença viral mata 300 mil felinos no Chipre

"Bebê" é um gato de seis meses que acabou de chegar a uma clínica veterinária de Nicósia, a capital do Chipre. O animal foi diagnosticado com peritonite infecciosa felina (PIF). Este vírus "vem de uma mutação de um coronavírus intestinal, presente em 90% dos gatos" e é "altamente contagioso" entre os felinos. No entanto, não é transmitido aos humanos, explicou o veterinário Kostis Larkou. Os sintomas que o vírus apresenta são febre, inchaço no abdômen, fraqueza e às vezes agressividade. […]

today13 de julho de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%