G1 Santos

Autolotações dos morros de Santos começam a ser integradas com o VLT em 1º de maio

today27 de abril de 2024 4

Fundo
share close

O sistema de autolotação (vans) que atende os morros de Santos, no litoral de São Paulo, vai operar de forma integrada ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) a partir de 1° de maio. A mudança ocorrerá em três linhas do serviço, que passarão a aceitar o cartão transporte BR Card, que é o mesmo utilizado no VLT. A tarifa será de R$ 5,55, desde que usada em um intervalo limite de 60 minutos. (entenda abaixo)

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos a integração será com as seguintes linhas:

  • linha B : do São Bento ao canal 2
  • Linha E: do canal 2 ao São Bento, via Marapé
  • Linha F: do Morro José Menino ao canal 1



As vans das autolotações receberam uma atualização dos equipamentos de leitura do cartão transporte com a nova tecnologia chip. De acordo com a administração, a iniciativa busca otimizar o tempo dos usuários e reduzir o valor da tarifa.

Autolotações dos morros de Santos iniciam integração com o VLT em 1º de maio — Foto: Marcelo Martins/Prefeitura de Santos

Ao todo, o sistema de autolotação é composto por seis linhas, que transportam em média 60 mil passageiros.

As linhas que não foram contempladas com a integração não circulam próximo de estações do modal elétrico.

Além disso, as autolotações contam com 51 permissionários, sendo que, no momento, três não estão temporariamente operando devido a pendências para regularização de documentação e do veículo.

A operação integrada ocorrerá da mesma forma que nos ônibus municipais. Atualmente, a tarifa integrada é de R$ 5,55. Embarcando primeiro no VLT, o passageiro pagará R$ 5,15 e , ao entrar na van serão cobradas R$ 0,40.

Na operação inversa, o passageiro pagará R$ 5,25 na autolotação, que é o valor do transporte público municipal, e, ao embarcar no VLT serão descontados do cartão R$ 0,30, totalizando os mesmos R$ 5,55 da tarifa integrada.

Ainda segundo a administração, para ter direito ao benefício, o segundo embarque deve ocorrer dentro do prazo limite de 60 minutos após o primeiro, assim como já ocorre na integração entre o VLT e os ônibus municipais.

A integração do transporte público gerenciado pela administração (ônibus e autolotação) está prevista no convênio firmado entre a CET e a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), órgão estadual que administra o VLT, operado pela BR Mobilidade.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

saiba-quem-e-o-vereador-que-esta-preso-por-esquema-de-fraudes-em-licitacoes-e-chorou-em-depoimento

G1 Santos

Saiba quem é o vereador que está preso por esquema de fraudes em licitações e chorou em depoimento

Ricardo Queixão (PSD), de 40 anos, é vereador em Cubatão (SP) e já chegou a presidir a Câmara Municipal. Antes de se envolver com a política era motorista e operador de empilhadeira e também tem ligação com o mundo do samba. Ele foi preso em 16 de abril durante a Operação Munditia deflagrada contra esquema de fraudes a licitações que favoreciam empresas ligadas ao PCC. O vereador teve a prisão […]

today27 de abril de 2024 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%