G1 Mundo

Avião pega fogo ao pousar com 297 ocupantes no Paquistão

today11 de julho de 2024 3

Fundo
share close

Nas imagens, é possível ver o Airbus A330 parado na grama enquanto os ocupantes deixam o avião pelos escorregadores de emergência. Perto da cauda da aeronave, era possível observar muita fumaça.

Segundo o site de monitoramento FlightAware, o voo Saudia 792 saiu do aeroporto Rei Khalid, em Riade, com destino à cidade de Peshawar, a sexta maior do Paquistão, onde pousou 4 horas e 6 minutos depois. O tempo de voo é condizente com a rota.

De acordo com o site de notícias paquistanês “Dawn”, a autoridade de aviação civil do país disse que fumaças e faíscas foram observadas no momento do pouso no trem de pouso traseiro esquerdo por controladores de voo, os quais avisaram os pilotos.



Ocupantes são removidos de avião por escorregador de emergência em Peshawar, no Paquistão, em 11 de julho de 2024 — Foto: Rerodução/Redes Sociais

Equipes de emergência e de combate a incêndios foram deslocadas e conseguiram controlar o fogo, “poupando a aeronave de um acidente de grandes proporções”, segundo nota divulgada à imprensa.

“Todos os 276 passageiros e 21 tripulantes foram removidos em segurança por escorregadores infláveis”, diz o comunicado.

“A Saudia esclarece que uma de suas aeronaves, voando de Riade para Peshawar no voo SV792, registrou fumaça saindo de um de seus trens de pouso durante o pouso no Aeroporto Internacional de Peshawar, no Paquistão”, diz uma nota divulgada pela compahia aérea.

As autoridades aeroportuárias do Paquistão afirmam que o terminal de Peshawar segue aberto para pousos e decolagens.

Durante os testes de certificação de aeronaves comerciais, as aeronaves devem passar por testes de emergência nos quais todos os ocupantes devem sair da aeronave em menos de 90 segundos, com apenas metade das saídas de emergência abertas.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

as-cidades-que-decidiram-banir-o-airbnb

G1 Mundo

As cidades que decidiram banir o Airbnb

A decisão pretende solucionar o que Collboni descreve como "o maior problema de Barcelona" — a crise de moradia que retirou moradores e trabalhadores do mercado habitacional, devido aos altos preços dos imóveis. A medida irá devolver ao mercado de moradia os 10 mil apartamentos destinados atualmente a aluguel de curto prazo no Airbnb e em outras plataformas similares. Barcelona não é a única cidade a criar regulamentações rigorosas — […]

today11 de julho de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%