G1 Santos

Baixada em Pauta #141: Dario Costa fala sobre o trabalho duro antes da exposição na TV e de virar referência na gastronomia

today29 de julho de 2023 1

share close

O menino que só queria saber de surfar virou cozinheiro, e dos bons! Dario Costa, de 34 anos, viajou para a Nova Zelândia, do outro lado do mundo, após perder o pai. Lá, começou a trabalhar em restaurantes, mas, foi na Itália que se apaixonou pela profissão, e, que sorte a nossa, resolveu trazer esse amor para o Brasil.

Voltou para o país, estudou, ralou e resolveu participar de um programa de televisão, em que terminou no terceiro lugar. Passado um tempo, e já com os holofotes direcionados a ele, resolveu se arriscar em nova atração televisiva. Desta vez, se sagrou campeão do mestre do sabor, da Rede Globo.

É impossível, segundo ele, dizer que os programas não o ajudaram a se destacar em um mercado cada vez mais concorrido. No entanto, garante que é o bom trabalho que o mantém na ativa. E isso o enche de orgulho.



“O que eu fiz com os programas de TV depois acho que determinou bastante coisa. O que mais ouvi depois foi: aproveita essa onda, porque essa onda passa. Acho que consegui a surfar essa onda”, contou ele, que, atualmente, não se fica preso na cozinha. Virou empresário, com quatro empreendimentos.

Dário Costa ao lado de Batista (ao centro) e Claude Troisgros durante o programa Mestre do Sabor, do qual saiu vencedor — Foto: Samuel Kobayashi/GShow

“Eu era antes só mais um cozinheiro, que vivia por aí trabalhando. Os programas de TV foram uma catapulta que me deixaram fazer tudo aquilo que eu acredito e, é lógico, que vai mudando e melhorando com o tempo [o trabalho]”, disse Dário, que contou sobre o conhecimento adquirido e os objetivos na carreira.

Hoje, o cozinheiro e empresário administra dois em Santos, no litoral de São Paulo; um na capital, e outro em Fernando de Noronha (PE), onde pretende morar e realizar outro sonho. Estar mais perto dos seus e, de quebra, se manter perto do mar.

“Se eu pudesse mudar alguma coisa na vida seria de dedicar mais tempo para minha família que é coisa que não tenho”, lamentou.

Dário Costa no primeiro restaurante, o Madê, em Santos, SP. Atualmente o chef conta com outros dois empreendimentos — Foto: A Tribuna Jornal

Você confere essa história e muitas outras no bate-papo no podcast ou videocast do Baixada em Pauta. O acesso pode ser feito nesta matéria, na home do g1 Santos, nos aplicativos de áudios favoritos ou pelo Facebook. Basta curtir as páginas e nos seguir!

Um podcast é como se fosse um programa de rádio, mas não é: em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser. E em vez de sintonizar numa estação de rádio, a gente acha na internet. De graça.

Dá para escutar num site, numa plataforma de música ou num aplicativo só de podcast no celular, para ir ouvindo quando a gente preferir: no trânsito, lavando louça, na praia, na academia…

Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos. É possível ouvir episódios avulsos ou assinar um podcast – de graça – e, assim, ser avisado sempre que um novo episódio for publicado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Santos

Sobe para seis o número de casos de gripe aviária registrados na Baixada Santista, SP

A Baixada Santista, no litoral de São Paulo, registrou quatro novos casos de influenza aviária (H5N1) no mês de julho. De acordo com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA), os novos casos foram confirmados em aves silvestres nos municípios de Santos, Praia Grande e Itanhaém. Com isso, a região já soma seis registros da doença. De acordo com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), mais de 53 mil aves já foram testadas em todo estado de São Paulo, tendo […]

today29 de julho de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%