G1 Mundo

Balão chinês recolheu informações de inteligência, afirma imprensa dos EUA

today4 de abril de 2023 10

Fundo
share close

Segundo as fontes ouvidas pela rede, o governo norte-americano tentou bloquear o envio dessas informações, mas não conseguiu – o balão tinha uma espécie de radar que indica a possibilidade de coletar dados e enviá-los a uma base.

No entanto, o Pentágono disse que não poderia confirmar qualquer transmissão de dados. “Não posso confirmar que houve transmissão em tempo real do balão de volta para China neste momento”, disse a porta-voz do Pentágono, Sabrina Singh, acrescentando: “isso é algo que estamos analisando agora”.

No início de fevereiro, o Pentágono informou que um balão chinês, com um tamanho similar a três ônibus, estava sobrevoando estados da costa leste dos EUA havia dias. Pequim reconheceu que se tratava de um equipamento chinês mas alegou que ele desviou de rota pelos ventos e tinha apenas fins científicos.



Washington retrucou e afirmou se tratar de espionagem. Dias depois, quando chegou ao mar, o balão foi abatido pelas Forças Armadas dos EUA, que afirmaram ter encontrado um dispositivo de coleta de informação dentro do equipamento.

O episódio colocou em alerta todo o espaço aéreo dos EUA, que nos dias seguintes encontraram outros três objetos não identificados, e gerou uma das piores crises diplomáticas entre Washington e Pequim nos últimos anos.

Marinheiros do Grupo 2 de Eliminação de Munições Explosivas recuperam destroços do misterioso balão chinês que foi derrubado pelos Estados Unidos na costa de Myrtle Beach, Carolina do Sul — Foto: U.S. Fleet Forces/U.S. Navy via Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

john-wycliffe:-a-historia-do-homem-que-foi-‘torturado-depois-de-morto’-por-ter-traduzido-a-biblia

G1 Mundo

John Wycliffe: a história do homem que foi ‘torturado depois de morto’ por ter traduzido a Bíblia

No entanto, mais de dez anos após a condenação, seu corpo seria retirado do túmulo, os restos mortais acabariam queimados e as cinzas jogadas no rio Swift, no centro da Inglaterra. Foi isso o que aconteceu com esse filósofo e teólogo medieval inglês, a quem se atribui a proposta da primeira tradução completa da Bíblia do latim para a língua inglesa — algo que era completamente proibido pela Igreja. Essa […]

today4 de abril de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%