G1 Santos

Bertioga reage à entrega de unidades habitacionais às vítimas das chuvas no Litoral Norte e pede prioridade a famílias da cidade

today13 de março de 2023 13

Fundo
share close

O chefe do Executivo se posicionou sobre o tema após ser questionado sobre a entrega dos imóveis a moradores desabrigados da cidade vizinha. Nesta segunda-feira (13), famílias da Vila do Sahy que perderam as casas começaram a ser transferidas aos apartamentos do Conjunto Habitacional em Bertioga por equipes da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), da Secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SDUH).

A expectativa é de que 1,2 mil moradores de São Sebastião sejam acomodados nos 300 apartamentos do Condomínio Quaresmeira, localizado no conjunto habitacional Caminho das Árvores, no Jardim Raphael. Neste primeiro momento, dez famílias que perderam suas casas na tragédia vão ocupar as moradias populares. Outros desabrigados também serão transferidos nos próximos dias.

Em nota, o prefeito Caio Matheus relembrou ter se reunido, na última semana, com vereadores de Bertioga, com o governo estadual e profissionais da CDHU para tratar sobre a cessão provisória de parte das moradias do conjunto habitacional Caminho das Árvores às famílias de São Sebastião.



Bertioga é solidária às famílias de São Sebastião. Contudo, solicitamos que as entidades sejam responsáveis e utilizem dessa parcela de apartamentos, que podem ser destinados a moradores de outros municípios (15% a a20% das unidades), para ajudar as famílias de São Sebastião“, disse o chefe do Executivo.

E acrescentou: “As famílias bertioguenses estão aguardando a entrega das chaves há cerca de 10 anos. Muitas delas se encontram em áreas de risco, perderam tudo nas chuvas e também merecem ser priorizadas“.

O prefeito reafirmou que, neste modelo de projeto habitacional, a gestão dos cadastros e a seleção dos beneficiados não é atribuição da Prefeitura de Bertioga, mas das entidades responsáveis pelo empreendimento: Pró-Moradia, Associação dos Moradores da Favela Jardim Helena e Frente Paulista.

Governo de São Paulo inicia transferência de famílias vítimas das chuvas em São Sebastião para Bertioga — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação

A operação de transferência de vítimas dos deslizamentos da Vila do Sahy começou nesta segunda-feira. As primeiras dez famílias se deslocaram 46 quilômetros até a cidade vizinha, onde devem permanecer nos próximos oito meses, conforme acordo foi assinado na sexta-feira (3) entre a CDHU e a Frente Paulista de Habitação Popular do Estado de São Paulo, entidade responsável pelo conjunto.

De acordo como governo do Estado, a CDHU providenciou caminhões para a retirada dos pertences das famílias das moradias atingidas ou condenadas pela Defesa Civil por conta dos deslizamentos. As famílias beneficiadas foram deslocadas em ônibus fretados até as unidades do Condomínio Quaresmeira.

Prefeito e vereadores de Bertioga se reúnem para reivindicar que os cadastrados de Bertioga sejam priorizados na entrega de chaves de conjunto habitacional — Foto: Reprodução

Unidades para vítimas do Litoral Norte

A princípio, o acordo é para que as famílias permaneçam por oito meses nos apartamentos. A medida deve beneficiar aproximadamente 1.200 pessoas. As moradias foram viabilizadas por meio do programa Minha Casa, Minha Vida – Entidades. Após o período de oito meses, a CDHU disse que entregará as moradias nas mesmas condições em que foram recebidas.

Pertences das vítimas de São Sebastião serão levados para Bertioga em caminhões, e os moradores viajam em ônibus fretado — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação

Foram investidos R$ 35,7 milhões para a construção dos imóveis, sendo R$ 10,8 milhões do governo do estado e R$ 24,9 milhões do governo federal. O acordo entre as partes começou a ser construído após o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) visitar as áreas afetadas pelas chuvas em São Sebastião (SP) e sugerir o uso temporário das habitações na cidade vizinha.

Entrega das primeiras unidades

“Aqui tem um destino específico [moradias para famílias de Bertioga]. Se, por ventura, a Caixa Econômica Federal verificar que tem algum espaço [nos edifícios] e não tiver inscritos totalmente [no programa], aí alguns apartamentos podem, provisoriamente, ajudar a socorrer nesse momento difícil, e em caráter humanitário, famílias que perderam as moradias em São Sebastião”, disse o vice-presidente do República Geraldo Alckmin (PSB), que participou da cerimônia de entrega.

Vice-presidente ressaltou que governo federal vê moradia a famílias do litoral de SP como prioridade — Foto: TV Tribuna

Ao lado dele estiveram o ministro de Estado das Cidades Jader Filho e do prefeito de Bertioga Caio Matheus (PSDB), que inclusive havia se posicionado contra a ideia inicial do governo federal, de entregar alguns dos apartamentos aos desabrigados de São Sebastião.

“O governador [de São Paulo] Tarcísio (Republicanos) falou comigo ontem [quarta-feira, 1] e eu falei para ele que não tem sentido pegar parte dessa demanda habitacional de Bertioga que já está aguardando há 10 anos [e repassar para moradores da cidade vizinha]. Tenho pessoas que perderam tudo também com essas enchentes e elas estão prestes a receber suas moradias”, reforçou Caio Matheus na ocasião.

As unidades tem 43,23 m², com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, além de piso cerâmico em toda edificação, azulejo no banheiro e na cozinha, sistema individualizado de consumo de água, gás e eletricidade.

O condomínio conta com calçamento, sistema de lazer com playground, centro comunitário e espaço para estacionamento. Infraestrutura implantada: redes de água e esgoto, drenagem, rede elétrica e iluminação pública, pavimentação, passeios públicos e paisagismo.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-oferta-10-vagas-de-emprego-nesta-terca-feira

Prefeitura de Guarujá

Guarujá oferta 10 vagas de emprego nesta terça-feira

Abaixo, veja as exigências de cada chance e como concorrer a cada uma delas 01 vaga – Vendedor de serviços Experiência: 6 meses com comprovação em carteira Escolaridade: Ensino Médio completo  Obs: Ter CNH B 01 vaga – Engenheiro Mecânico Experiência: 6 meses com comprovação em carteira Escolaridade: Ensino Superior completo em Engenharia Mecânica ou Engenharia de Produção Obs: Inglês Avançado  01 vaga – Cozinheiro do serviço doméstico Experiência: 6 meses com comprovação em carteira Escolaridade: Ensino Médio completo.  05 […]

today13 de março de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%