G1 Mundo

Biden assina 1º decreto para regulamentar inteligência artificial nos EUA; veja os principais pontos

today6 de novembro de 2023 4

Fundo
share close

Assinado na segunda-feira (30), o texto estabelece padrões de segurança e “define ações abrangentes para proteger os americanos dos riscos potenciais dos sistemas de IA”.

Em uma cerimônia na Casa Branca, Biden disse que “a IA já está ao nosso redor e que é preciso governar essa tecnologia”.

Segundo a agência Associated Press, os EUA são a casa dos principais desenvolvedores da tecnologia. Alguns deles são Google, Meta, Microsoft e muitas outras startups, como a OpenAI, dona do ChatGPT.



Veja abaixo os principais pontos do decreto:

  • 💾 os desenvolvedores de sistemas de inteligência artificial terão que compartilhar seus resultados de testes de segurança e outras informações críticas com o governo americano;
  • 🔏 empresas deverão realizar testes para garantir que os sistemas de IA estejam seguros. O Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) “definirá os padrões rigorosos para testes extensivos de equipes vermelhas para garantir a segurança antes da divulgação pública”, diz o texto;
  • ✔️ para conter fraudes e enganos, o Departamento de Comércio dos EUA terá que desenvolver orientações, como adoção de marca d’água, que ajudem pessoas a identificar um conteúdo criado por IA;
  • 🔎 os Departamentos de Energia e Segurança Interna dos EUA ficarão responsáveis por acompanhar possíveis riscos químicos, radiológicos, biológicos e até nucleares que a IA possa gerar;
  • 🪖 o governo também quer a criação de um documento que direcionará ações para que militares dos EUA usem inteligência artificial “de forma segura, ética e eficaz em suas missões”;
  • 🧒 Biden pede que o congresso aprove uma legislação bipartidária de privacidade de dados, para proteger todos os norte-americanos, especialmente crianças;
  • 👩‍🏭 o texto prevê a criação de um relatório para identificar potenciais riscos da IA no mercado de trabalho;
  • 🌍 o decreto também pede que os EUA acelerem parcerias com outros países e organizações para garantir que a IA “seja segura e confiável”.

Desde que a IA se popularizou no mundo, especialmente após o surgimento do ChatGPT, legisladores de várias nações começaram a considerar como mitigar os perigos da tecnologia para a segurança nacional e a economia.

Em julho, as principais empresas de IA, como a OpenAI, Google e Meta, assumiram compromissos com a Casa Branca para implementar medidas que identifiquem o conteúdo gerado por IA.

O líder do Senado nos EUA, Chuck Schumer, pediu, em junho deste ano, uma “legislação abrangente” para avançar e garantir salvaguardas para a tecnologia.

Aprenda a criar o seu personagem ‘Disney Pixar’, nova trend das redes sociais

Aprenda a criar o seu personagem 'Disney Pixar', nova trend das redes sociais

Aprenda a criar o seu personagem ‘Disney Pixar’, nova trend das redes sociais

Crianças e adolescentes no Brasil recebem conteúdo sexual na internet

Crianças e adolescentes no Brasil recebem conteúdo sexual na internet

Crianças e adolescentes no Brasil recebem conteúdo sexual na internet

Golpe do namoro virtual: entenda o que é e por que as pessoas ainda caem

Golpe do namoro virtual: entenda o que é e por que as pessoas ainda caem

Golpe do namoro virtual: entenda o que é e por que as pessoas ainda caem




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

apenas-paises-alinhados-a-israel-conseguiram-tirar-cidadaos-de-gaza;-brasil-tenta-entrar-na-proxima-lista

G1 Mundo

Apenas países alinhados a Israel conseguiram tirar cidadãos de Gaza; Brasil tenta entrar na próxima lista

Diplomatas brasileiros disseram ao blog que receberam a informação de que uma nova lista pode ser divulgada nos próximos dois dias. O Brasil intensificou as negociações para que os mais de 30 brasileiros que querem deixar a Faixa de Gaza recebam essa autorização. O embaixador do Brasil no Egito, Paulino de Carvalho Neto, afirmou à TV Globo que a expectativa é de que os brasileiros sejam autorizados a atravessar a […]

today6 de novembro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%