G1 Mundo

Biden está ‘passando vergonha’, ‘parece inapto’ e deve desistir para manter chance dos democratas à Casa Branca, diz ‘The New York Times’ em novo editorial

today10 de julho de 2024 2

Fundo
share close

Jornal defende que democratas convençam presidente a não tentar reeleição. É o segundo editorial do NYT a respeito. Presidente diz que manterá candidatura às eleições de 5 de novembro.


Editorial do NYT sobre Joe Biden — Foto: Reprodução/The New York Times



Em um duro editorial, o jornal “The New York Times” voltou a defender que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Partido Democrata), desista de se candidatar à reeleição —em que concorrerá contra o republicano Donald Trump, em 5 de novembro.

Editoriais são textos em que órgãos de imprensa expressam opinião sobre determinado tema. Nesta terça (9), o jornal americano diz que Biden está “passando vergonha” e “colocando o seu legado em risco” ao manter a candidatura e “parece inapto” para um novo mandato. Ele tem 81 anos e, em caso de vitória, terminaria o segundo mandato com 86.

No editorial, o “The New York Times” diz que:

  • Os políticos democratas “que querem derrotar Trump” devem”falar claramente” com Biden para que ele desista;
  • Cita pesquisa segundo a qual 74% acham que o democrata está velho demais para um novo mandato;
  • A resistência de Biden “ameaça entregar a vitória a Trump”: “Eles [democratas] precisam dizer a Biden que ele está passando vergonha e colocando em risco o seu legado”;
  • Diz que uma vitória de Trump, “um inapto a ser presidente”, colocaria em risco a democracia e que ainda há tempo de convencer os eleitores a esse respeito: “Mas os democratas terão dificuldade (…) enquanto seu próprio representante for um homem que também parece inapto para servir como presidente pelos próximos quatro anos”, afirma o jornal;
  • Por fim, o jornal diz: Biden “parece ter perdido a noção do próprio papel nesse drama nacional” ao querem seguir na disputa. “Ele não parece entender que agora ele é o problema —e que a melhor esperança para os democratas manterem a Casa Branca é que ele desista.”

O agregador de pesquisas do site americano 538 aponta que Trump é escolhido por 42,1% dos eleitores; Biden tem 39,9%.

Yves Herman/Reuters — Foto: Biden nesta terça, em evento em comemoração aos 75 anos da Otan

“Temos 42 dias para a Convenção Democrata e 119 dias para as eleições gerais”, disse Biden na carta, distribuída por sua campanha de reeleição. “Qualquer enfraquecimento da determinação ou falta de clareza sobre a tarefa que temos pela frente só ajuda Trump e nos prejudica. É hora de nos unirmos, avançarmos como um partido unificado e derrotar Donald Trump.”

Também na terça, congressistas democratas se reuniram para discutir a situação de Biden. O presidente ganhou apoio de alguns parlamentares, embora haja ainda não haja consenso, segundo relato da Agência France Presse.

Biden se comprometeu a cumprir um segundo mandato inteiro se for reeleito, afirmou sua porta-voz, Karine Jean-Pierre. O segundo mandato termina em 2028, quando o democrata terá 86 anos.

Presidente Biden diz que o debate foi um episódio ruim em entrevista à 'ABC'

Presidente Biden diz que o debate foi um episódio ruim em entrevista à ‘ABC’




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘tail-strike’-fez-aviao-da-latam-retornar-a-aeroporto-apos-decolar-em-milao;-entenda-o-que-e

G1 Mundo

‘Tail strike’ fez avião da Latam retornar a aeroporto após decolar em Milão; entenda o que é

A aeronave, que fazia o voo LA8073, ia para Guarulhos, em São Paulo. Em nota, a Latam lamentou o episódio, informou que o desembarque ocorreu normalmente e em segurança e disse que os passageiros foram reacomodados em outros voos. O tail strike ocorre quando a fuselagem do avião bate na pista. O evento pode causar danos estruturais à aeronave e, a depender da gravidade, levar à perda do controle —mas […]

today10 de julho de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%