G1 Mundo

Biden quer que companhias aéreas indenizem passageiros dos EUA por longos atrasos

today8 de maio de 2023 7

Fundo
share close

Esta é a mais recente de uma série de medidas tomadas pelo governo Biden para reprimir as companhias aéreas e reforçar as proteções aos consumidores para voos domésticos nos EUA e voos internacionais que tenham um destino ou origem norte-americana.


Joe Biden em 21 de abril de 2023 — Foto: Kevin Lamarque/Reuters



O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta segunda-feira (8) que seu governo está redigindo novas regras que exigirão que as companhias aéreas compensem monetariamente os passageiros por atrasos significativos ou cancelamentos de voos quando a responsabilidade pelo incidente for das companhias.

“A nossa maior prioridade tem sido conseguir um acordo melhor para os viajantes aéreos americanos”, disse Biden.

Esta é a mais recente de uma série de medidas tomadas pelo governo Biden para reprimir as companhias aéreas e reforçar as proteções aos consumidores para voos domésticos nos EUA e voos internacionais que tenham um destino ou origem norte-americana.

EUA sofrem com falta de profissionais no setor de aviação

EUA sofrem com falta de profissionais no setor de aviação

“As viagens de verão colocarão uma enorme pressão sobre o sistema”, disse o secretário de Transportes dos EUA, Pete Buttigieg, nesta segunda-feira. “As companhias aéreas precisam aceitar sua responsabilidade fundamental de atender melhor os passageiros”.

O Departamento de Transporte dos EUA não especificou quanto dinheiro pretende exigir que as companhias aéreas paguem aos passageiros por atrasos significativos, mas perguntou a elas no ano passado se concordariam em pagar ao menos 100 dólares por atrasos de pelo menos três horas causados pelas empresas.

Biden disse que as regras de compensação por atraso serão propostas até o final do ano, mas pode levar anos para finalizá-las, e algumas companhias aéreas questionam em particular se o departamento tem autoridade legal para exigir compensação por atrasos.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

em-paris,-idoso-joga-tinta-em-quadro-de-denuncia-que-mostra-estupro-como-crime-de-guerra;-macron-defende-pintura

G1 Mundo

Em Paris, idoso joga tinta em quadro de denúncia que mostra estupro como crime de guerra; Macron defende pintura

O presidente Emmanuel Macron condenou nesta segunda-feira (8) o "ato de vandalismo" ocorrido no domingo contra um quadro da artista suíça Miriam Cahn, que apresenta uma exposição no espaço de arte contemporânea Palais de Tokyo, em Paris. A tela "Fuck Abstraction!", que exibe uma pessoa jovem com as mãos amarradas fazendo uma felação em um homem adulto, foi alvejada por jatos de tinta lançados por um idoso. O agressor foi […]

today8 de maio de 2023 21

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%