G1 Santos

Bombeiros procuram dois trilheiros desaparecidos em rio de SP pelo 12º dia seguido: ‘Não tem prazo para terminar as buscas’, diz capitão

today16 de dezembro de 2022 12

Fundo
share close

O Corpo de Bombeiros entrou nesta sexta-feira (16) no 12º dia seguido procurando pelos dois trilheiros desaparecidos na Zona Sul de São Paulo durante um temporal que atingiu a cidade. Segundo a corporação, não há prazo para encerrem as buscas pela vendedora Marli dos Anjos Valadão, de 32 anos, e José Jackson Alencar, de 25 anos (leia mais abaixo).

Os dois amigos sumiram em 4 de dezembro, quando faziam uma trilha com mais oito amigos na Cachoeira da Usina. Durante a chuva, eles foram atingidos por uma ‘cabeça d’água’. O fenômeno ocorre quando surge uma enxurrada em cachoeiras ou rios devido ao aumento de volume de água por causa da chuva.

Segundo testemunhas, Marli e José caíram no Rio Itanhaém, sendo levados pela água. Os outros integrantes do grupo conseguiram escapar e avisaram os bombeiros, que iniciaram as buscas no dia seguinte. Desde então, os bombeiros já usaram helicópteros, drones, barcos e mergulhadores para tentar localizar os dois desaparecidos. Imagens foram gravadas por câmeras para auxiliar nos trabalhos.



‘Não tem prazo para terminar as buscas’

Grupo em trilha na Zona Sul de São Paulo mobiliza os bombeiros

Grupo em trilha na Zona Sul de São Paulo mobiliza os bombeiros

As buscas aquáticas foram suspensas no oitavo dia de procura por eles. Segundo os bombeiros, o rio desemboca no mar, passando também pelo município de Itanhaém, que fica no litoral.

“Já percorremos de 70% a 80% da extensão do Rio Itanhaém em busca deles, mas não encontramos nenhum vestígio”, falou ao g1 o capitão André Elias, porta-voz dos bombeiros. “Mas até esse momento não tem prazo para terminar as buscas”.

Além das buscas aquáticas, os bombeiros também procuraram Marli e José por terra, com agentes entrando na mata e usando cães farejadores. As buscas terrestres continuam. Nesta sexta, seis bombeiros e dois cães farejadores farão os trabalhos.

‘Encontrá-los com vida’ ou ‘não encontrá-los’

Bombeiros fazem buscas por homem e mulher desaparecidos em SP — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O 4º Grupamento de Bombeiros, na capital, e o 6º Grupamento de Ações em Emergências e Desastres, de Itanhaém, participam das buscas. Para entrar na mata, são usados cordas e rapel, devido às dificuldades naturais para andar no local. Por alguns momentos, a operação chegou a ser paralisada devido às chuvas nas últimas duas semanas, mas em seguida foram retomadas.

“Estamos todos os dias, há duas semanas, procurando pelos dois. Os bombeiros não descartam nenhuma hipótese, inclusive de encontrá-los com vida. Mas existe a possibilidade também de não encontrá-los devido às condições da região ou algo pior”, falou o capitão André, sobre a possibilidade de encontrá-los sem vida. “As buscas estão concentradas na Zona Sul de São Paulo e em Itanhaém”.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o desaparecimento foi registrado no 25º Distrito Policial (DP), em Parelheiros.

Quem são os desaparecidos

Marli dos Anjos Valadão, de 32 anos — Foto: Arquivo pessoal

Marli dos Anjos é vendedora e mora na capital paulista com a filha de 15 anos. Segundo a irmã dela afirmou ao g1 Santos, ela já fez outras trilhas e sempre gostou da natureza. Antes de sair de casa, ela comentou com a mãe que seria a última vez que ela faria uma trilha.

“Seria a última vez que ela faria nesse local porque queria fazer trilhas menores. Essa era muito extensa”, disse a vendedora Marcele dos Anjos de Souza, de 35.

José Jackson de Alencar, de 25 anos — Foto: Instragram/Reprodução

“Eu vim do Piauí para tentar encontrar ele. Os bombeiros estão procurando, mas não conseguiram ainda. Estou em São Paulo na esperança de encontrar ele, mas parece que está difícil. Tenho fé de encontrar ele vivo. Um cara jovem, tem tudo pela frente, mas infelizmente a água levou meu filho”, disse José Sivaldo.

Bombeiros buscam casal que desapareceu após ser atingido por cabeça d’água em trilha em Itanhaém — Foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

baixada-em-pauta-#109:-especialista-da-dicas-para-evitar-golpes-ao-alugar-imoveis-para-as-festas-de-fim-de-ano

G1 Santos

Baixada em Pauta #109: Especialista dá dicas para evitar golpes ao alugar imóveis para as festas de fim de ano

Você pode ouvir Baixada em Pauta no g1, no Spotify, no Castbox, no Google Podcasts, no Apple Podcasts, no Deezer, no Hello You ou no aplicativo de sua preferência. Assine ou siga o Baixada em Pauta, para ser avisado sempre que tiver novo episódio no ar. Final de ano, verão e muita gente querendo vir para o litoral de São Paulo curtir as festas na praia. Nessa época do ano, […]

today16 de dezembro de 2022 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%