G1 Santos

Brasileira entra na rota de furacão pelo segundo ano seguido durante visita à mãe na Flórida; VÍDEOS

today30 de agosto de 2023 3

Fundo
share close

“A gente foi ao mercado e não tinha mais água, estava todo mundo desesperado comprando água e coisas essenciais que não podem faltar”, relatou a fotógrafa e empresária em entrevista ao g1.

Jessica gravou um vídeo explicando a situação nesta terça-feira (29) e fez imagens dos ventos que atingem Jacksonville na manhã desta quarta-feira (30). (Assista acima)

Jessica Matmoto aguarda passagem do furacão Idalia na cidade de Jacksonville, na Flórida, nos Estados Unidos. — Foto: Arquivo Pessoal



A fotógrafa mora em Santos, no litoral de São Paulo, e está nos Estados Unidos visitando a mãe, que se mudou para Jacksonville em julho de 2021. Vilma Matmoto, de 59 anos, contou ao g1 que, assim como a filha, é a segunda vez que sofre a expectativa de um furacão. No entanto, a presença de Jessica lhe causa preocupação.

“Se for por passar por uma coisa ruim, a gente prefere passar sozinha, poupar os filhos”, disse Vilma.

Para Jessica, o clima não muda apesar de já ter passado por experiência parecida. “É sempre essa tensão […]. A gente fica um pouco tensa porque aqui na Flórida é uma região que tem praia, muitos lagos e rios, então tem muito risco de inundação”, explicou.

Jessica Matmoto está na Flórida para visitar a mãe, Vilma Matmoto, que se mudou em julho de 2021 — Foto: Arquivo Pessoal

Da primeira vez que mãe e filha passaram pela situação, o furacão passou mais distante de Jacksonville, que desta vez está na rota. “Vai passar bem por aqui por onde a gente está”, disse Jessica.

No entanto, a fotógrafa espera que o furacão Idalia chegue em forma de tempestade na região, pois em 2022 recebeu alertas sobre o fenômeno no celular, o que não aconteceu neste ano.

Furacão Idalia: entenda como ele se formou

Furacão Idalia: entenda como ele se formou

Apesar disso, a família comprou mantimentos essenciais e acompanha os noticiários sobre o assunto. “A gente fica na esperança que ocorra tudo bem. […] Vamos rezar e ficar dentro de casa”, relatou.

A brasileira pretende retornar ao país no começo de setembro, pois está fora desde o começo de julho. “Esse ano eu não vim na época de furacão, acabei ficando porque estou com minha mãe”, finalizou Jessica.

Avanço do furacão Idalia sobre a Flórida — Foto: NOAA/Arte g1

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pf-sequestra-r$-2,8-bilhoes-em-bens-de-narcotraficantes-que-movimentaram-17-t-de-cocaina-pelo-porto-de-santos

G1 Santos

PF sequestra R$ 2,8 bilhões em bens de narcotraficantes que movimentaram 17 t de cocaína pelo Porto de Santos

A Polícia Federal sequestrou 12 imóveis, contas bancárias e aplicações financeiras de narcotraficantes internacionais, um total de R$ 2,8 bilhões em bens. As medidas cautelares patrimoniais foram cumpridas na manhã desta quarta-feira (30) com oito mandados de buscas e apreensões. Os criminosos são responsáveis por movimentar cocaína pelo Porto de Santos para a Europa. Há pelo menos três anos a PF já investigava os narcotraficantes, que recebiam as drogas principalmente […]

today30 de agosto de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%