G1 Mundo

Brasileiro caçado nos EUA por matar ex-namorada tem julgamento marcado por homicídio no Tocantins

today15 de fevereiro de 2024 4

Fundo
share close

A data foi definida após resposta das autoridades dos Estados Unidos sobre a participação de Danilo por meio de videoconferência. A sessão deve ser realizada na sala de audiências do Fórum de Gurupi, a partir das 13h.

Condenado à prisão perpétua por matar a ex-namorada, o brasileiro Danilo Cavalcante fugiu de cadeia nos Estados Unidos — Foto: Montagem/g1



Audiência será realizada no Fórum de Gurupi — Foto: Reprodução/TJTO/Elias Oliveira

Na época, três datas foram disponibilizadas e as autoridades norte-americanas optaram pela participação dele no dia 29 de fevereiro de 2024.

Uma semana depois da morte de Valter em Figueirópolis, em 2017, a Justiça acatou um pedido de prisão feito pelo Ministério Público Estadual (MPE) e Danilo se tornou foragido no Brasil. Ele responde por homicídio duplamente qualificado.

Em janeiro de 2018, ele conseguiu embarcar para os Estados Unidos pelo aeroporto de Brasília (DF). Isso aconteceu porque o mandado ainda não havia sido registrado no banco nacional de mandados. Ou seja, a informação sobre o crime ainda estava disponível somente para as autoridades tocantinenses.

A Justiça do Tocantins só tomou conhecimento da prisão de Danilo nos Estados Unidos após uma notificação feita pela Polícia Federal, após informações recebidas da Polícia Internacional (Interpol).

Em 4 de novembro de 2022 o juiz Jossanner Nery Nogueira Luna pediu uma videoconferência com o réu, que estava preso nos EUA, inclusive designando a participação de um tradutor para acompanhar a audiência.

Morte e condenação nos EUA

Danilo é natural do Maranhão. Mudou para o Tocantins com parentes para e chegou trabalhar como lavrador. Débora Brandão, ex-companheira do foragido, é do mesmo estado. Ela vivia regularmente no estado norte-americano da Pensilvânia, onde eles se conheceram. Ele estava ilegal nos EUA.

Débora foi esfaqueada 38 vezes por Danilo na frente dos dois filhos no dia 18 de abril de 2021. Segundo as investigações, ele não aceitava o fim do relacionamento e desde 2020, ameaçava a vítima.

Danilo foi preso quando estava no estado da Virgínia, uma hora depois de matar Débora. A condenação aconteceu uma semana antes da fuga da prisão no Condado de Chester, em West Chester.

Brasileiro 'escalou' parede para fugir da prisão nos EUA

Brasileiro ‘escalou’ parede para fugir da prisão nos EUA

A família de Valter chegou a comemorar a prisão de Danilo em setembro. “Graças a Deus. E não vai sair mais. Esperamos que ele pague pelo que ele fez e que ele fique até cumprir a pena dele e que a segurança da penitenciária que ele conseguiu fugir fique mais forte, de olho para que ele não consiga fugir mais”, comentou Daiane Moreira dos Reis, irmã de Valter Júnior.

Com relação ao processo judicial pela morte do irmão, Daiane lamentou que “não deu em nada” mesmo após os pedidos de justiça. “Parou, ficou por isso, ninguém falou nada. No dia que fui lá na delegacia correr atrás, falaram que está na mão da Justiça”.

Irmã de jovem assassinado por brasileiro foragido nos EUA chora ao lembrar do crime

Irmã de jovem assassinado por brasileiro foragido nos EUA chora ao lembrar do crime




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video:-caminhoes-escapam-de-grande-deslizamento-de-terra-em-mina-de-ouro-na-turquia

G1 Mundo

Vídeo: caminhões escapam de grande deslizamento de terra em mina de ouro na Turquia

A terra rolou pela parte da montanha em declive e bloqueou a estrada por onde os caminhões passavam. Pelo menos nove trabalhadores ficaram presos, de acordo com o ministro do Interior da Turquia. Segundo veículos de imprensa do país, quatro pessoas foram detidas e as autoridades começaram a investigar o que aconteceu --um dos detidos é o gerente da mina, segundo o canal estatal TRT Haber. Centenas de equipes de […]

today15 de fevereiro de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%