G1 Santos

Brasileiro com filhos no exército de Israel fala sobre situação no país: ‘clima 100% de guerra’; VÍDEO

today9 de outubro de 2023 11

Fundo
share close

“A gente tem muita fé em Deus, é essa fé que mantém a gente forte”, disse.

Marcelo conversou, nesta segunda-feira (9), com o repórter Mozarth Dias, da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo. Ele saiu do Brasil há 24 anos, é casado com uma brasileira, mas teve quatro filhos nascidos em Israel. Ao todo, são dois homens e duas mulheres com idades entre 23, 21, 18 e 15 anos. Os três mais velhos estão em guerra, de forma direta e indireta.

Marcelo Podegaietz contou que mantém a fé para ficar forte diante da guerra — Foto: Reprodução/TV Tribuna



“Tenho um filho que é paraquedista. Os paraquedistas em Israel são 100% combatentes, então meu filho está envolvido de forma 100% direta […]. O meu outro filho é piloto da Força Aérea. Ele não é piloto de ataque, é de transporte de carga, então faz outros tipos de serviço logístico. E eu tenho uma filha que trabalha com o Exército através da inteligência. Ela está começando agora”, explicou.

De acordo com ele, o clima no país é 100% de guerra. “Já vi muitos atentados porque eu moro em Tel Aviv. Mas, o que eu, como qualquer outro israelense, está vendo, isso a gente nunca presenciou”, afirmou.

Filhos de Marcelo Podegaietz (na foto ainda crianças) nasceram em Israel. Atualmente, eles têm idade entre 15 e 23 anos — Foto: Arquivo Pessoal

Apesar disso, o gerente de vendas não pretende retornar ao Brasil. “Tenho quatro filhos aqui [Israel], três no Exército. Acho que nenhum pai no mundo ia virar as costas, deixar um filho e ir embora. Então, isso é uma coisa que nem passa pela minha cabeça”.

Marcelo tenta ocupar a mente com outros pensamentos, além da situação ruim que vê o país passar. “Tem que ocupar a mente, porque se você sentar na cadeira e ficar começando a pensar o que pode acontecer, você entra numa área meio psicótica que você fica louco”, relatou.

Para ele, o conflito ainda está longe do fim. “Isso não é uma guerra que vai terminar amanhã e nem semana que vem. Ela vai durar meses. […] É uma realidade que a gente vai ter que se acostumar como israelense. Isso faz parte da história do povo de Israel”, finalizou.

Marcelo Podegaietz é casado com uma brasileira e mora em Israel há 24 anos — Foto: Arquivo Pessoal

Também santista, a especialista em marketing Bianca Sacks serviu o exército israelense entre 2019 e 2020. Apesar de não ter atuado como combatente, ela não pretende voltar para trabalhar na guerra.

“Acho pouco provável ser chamada para qualquer coisa. Se eu fosse chamada, talvez seria para dar assistência social, ajudar no carregamento para levar comida ou roupa, mas eu acho e espero não ser chamada”, afirmou ela, em entrevista ao repórter Diego Bertozzi, também da TV Tribuna.

Bianca Sacks mora em Tel Aviv com o namorado — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Ela também mora em Tel Aviv com o namorado e, de casa, se assusta com os sons do conflito. “A gente escuta sirene, escuta barulho de bomba. Também na rua escuta ambulância, polícia, carro de bombeiro”

“Eu estou bem nervosa, qualquer barulho que eu escuto, você já pula sem saber o que é e o que que vai acontecer”, relatou.

Apesar disso, a santista contou que não deseja deixar o país e retornar ao Brasil. “Minha mãe todo dia me manda mensagem falando “volta, volta por favor”. […] Me sinto, de certa forma, segura onde eu estou em Tel Aviv. Talvez, se as coisas piorarem muito dramaticamente, eu pense em voltar. Mas, agora não”, finalizou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

morre-o-fundador-da-jocum,-loren-cunningham

Gospel Prime

Morre o fundador da JOCUM, Loren Cunningham

Loren Cunningham, fundador da Jovens Com Uma Missão (JOCUM) e Chanceler Internacional da Universidade das Nações da JOCUM, perdeu sua batalha contra o câncer estágio 4 na sexta-feira(06), deixando sua esposa, Darlene, dois filhos e três netos. “Loren foi a primeira pessoa na história a viajar para todas as nações soberanas da Terra, todos os países dependentes e mais de 100 territórios e ilhas pelo bem de Cristo e da […]

today9 de outubro de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%