G1 Mundo

Brasileiro que fugiu da prisão nos EUA matou ex-namorada para não ser denunciado à polícia; entenda caso

today2 de setembro de 2023 11

Fundo
share close

A apuração preliminar do caso revelou que Danilo não aceitava o fim do relacionamento e que ele já havia violentado e ameaçado a vida de Débora em outras ocasiões. “Diversas vezes ela terminou com ele, e ele tentando voltar. Não sei por que ele a esfaqueou. Foi muito brutal”, disse Sara Brandão, irmã da vítima, na época do crime.

“Ao saber que o réu tinha mandado de prisão em aberto por homicídio no Brasil, a vítima ameaçou expô-lo à polícia. Os detetives determinaram que esse foi o motivo do assassinato”, afirmou a promotoria responsável pela acusação em comunicado.

Segundo as autoridades, em 2017, Cavalcante fugiu para Porto Rico e, mais tarde, seguiu para os Estados Unidos, onde entrou ilegalmente.



Cavalcante estava detido em uma prisão para quase 700 pessoas localizada em Pocopson Township, um munícipio na zona rural da Pensilvânia com menos de 5 mil habitantes. O brasileiro aguardava sua transferência para uma instituição correcional estadual, afirmou o “The Philadelphia Inquirer”.

Centenas de oficiais, drones, helicópteros e cães estão sendo usados para encontrar Cavalcante. A promotora distrital do condado de Chester, Deb Ryan, disse na sexta-feira (1°) que as buscas estavam se concentrando em ferrovias, hidrovias e rotas fora da área.

Imagens mostram operação que busca por Cavalcante nos arredores da Prisão do Condado de Chester, nos EUA. — Foto: NBC News

As autoridades norte-americanas estão oferecendo uma recompensa de US$ 10 mil (quase R$ 50 mil) por informações que levem à captura do fugitivo.

“Danelo Cavalcante é considerado um homem extremamente perigoso. Pedimos a ajuda da população para localizá-lo”, afirmou a promotoria em declaração.

Informações sobre como o brasileiro conseguiu escapar das instalações não foram divulgadas. Agora, as autoridades investigam a possibilidade de ele estar sendo ajudado por um amigo ou familiar — a irmã de Cavalcante mora na área.

“Isso é absolutamente uma preocupação. Se houver familiares ou amigos que estejam ativamente envolvidos em ajudá-lo neste momento, eles também serão processados”, disse Ryan, segundo a CBS. “Esperamos que eles cooperem.”

Cavalcante é o primeiro detendo de nível elevado a fugir da Prisão do Condado de Chester desde a década de 1990, de acordo com o “Daily Local News”. À época, um preso se escondeu em um cesto de roupa suja e escapou no caminhão utilizado para transportá-los para fora da cadeia.

Governo norte-americano divulgou cartaz indicando recompensa por informações por brasileiro fugitivo — Foto: Chester County Government




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

voce-viu?-depoimentos-sobre-caso-das-joias,-furacao-na-florida,-peixe-mais-caro-do-mundo-e-o-homem-que-mudou-a-cor-dos-olhos-em-procedimento-nao-recomendado

G1 Mundo

Você viu? Depoimentos sobre caso das joias, furacão na Flórida, peixe mais caro do mundo e o homem que mudou a cor dos olhos em procedimento não recomendado

O ex-presidente Jair Bolsonaro e mais sete pessoas prestaram depoimento à Polícia Federal nesta quinta-feira (31) no inquérito que investiga os presentes oficiais recebidos pelo governo e negociados ilegalmente nos Estados Unidos. Foram interrogados: Jair Bolsonaro: ex-presidente.Michelle Bolsonaro: ex-primeira-dama.Mauro Barbosa Cid: ex-ajudante de ordens de Bolsonaro.Mauro Lourena Cid: pai de Mauro Barbosa Cid, general da reserva e ex-colega de Bolsonaro na Aman.Frederick Wassef: advogado de Bolsonaro.Fabio Wajngarten: ex-chefe da comunicação […]

today2 de setembro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%