G1 Mundo

Caça russo sobrevoa Mar Báltico após aproximação de bombardeiros dos EUA

today21 de março de 2023 15

Fundo
share close

Com a aproximação do Su-35 russo, as aeronaves norte-americanas se afastaram, segundo Moscou.

“Em 20 de março, as instalações de radar das forças de defesa aérea do distrito militar ocidental em serviço no Mar Báltico detectaram dois alvos aéreos voando na direção da fronteira estatal da Federação Russa”, disse o Ministério da Defesa russo.

A pasta afirmou na nota que os alvos eram bombardeiros estratégicos B52H, da Força Aérea dos EUA.



Ainda segundo o comunicado, um jato de combate Su-35 decolou para evitar uma violação da fronteira. “Depois que a aeronave militar estrangeira se afastou da fronteira da Federação Russa, o caça russo voltou ao aeródromo de sua base”, acrescentou o Ministério russo.

Moscou alegou que o voo do Su-35 foi feito estritamente de acordo com as regras internacionais de uso do espaço aéreo. “Nenhuma violação da fronteira do estado da Federação Russa foi permitida”, afirmou.

Imagens mostram momento em que caça russo Su-35 se aproxima de drone dos EUA sobre o Mar Negro, em março de 2023.

Imagens mostram momento em que caça russo Su-35 se aproxima de drone dos EUA sobre o Mar Negro, em março de 2023.

Washington ainda não havia se posicionado sobre o suposto sobrevoo das aeronaves.

Xi Jinping e Vladimir Putin — Foto: JN

A viagem, segundo o Kremlin, acontece para discutir a “cooperação estratégica” entre os dois países. Pequim afirma que o ponto central do encontro entre Xi e Putin é a apresentação de um plano de paz feito pelo governo chinês – o que Kiev deve rejeitar por contemplar a permanência de tropas russas em áreas invadidas do território ucraniano.

Nesta terça Xi Jinping chamou seu país e a Rússia de “sócios estratégicos” e também convitou Putin para uma visita à China.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

antes-de-ida-de-lula-a-china,-eua-aumentam-presenca-no-brasil-e-expressam-preocupacao

G1 Mundo

Antes de ida de Lula à China, EUA aumentam presença no Brasil e expressam preocupação

As duas superpotências vivem um momento tenso em sua competição econômica e política, com troca de acusações de espionagem e difamação que ameaçam descambar para um conflito militar em Taiwan — que a China vê como seu território e que os EUA encaram como independente. Nesse contexto, chineses e americanos competem pela lealdade do Brasil. Para os americanos, a boa relação com os brasileiros é fundamental para ter um aliado […]

today21 de março de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%