G1 Santos

Cadela farejadora ‘novata’ encontra 405 kg de cocaína em contêiner no Porto de Santos; VÍDEO

today7 de agosto de 2023 11

Fundo
share close

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal, apreendeu 405 quilos de cocaína em um contêiner no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, nesta segunda-feira (7). Nas imagens, obtidas pelo g1, é possível ver o momento em que dois cães farejadores, sendo uma cadela ‘novata’, localizam a droga em meio à carga de 25 toneladas de açúcar. Ninguém foi preso (veja o vídeo acima).

Segundo a Receita Federal, o destino do contêiner era a França, mas a carga seria descarregada no porto de Antuérpia, na Bélgica.

A cadela Kaoma, da raça pastor alemão, chegou à Alfândega de Santos em junho deste ano. Essa foi a primeira indicação de droga feita por ela em campo.



De acordo com o órgão, o contêiner foi selecionado para conferência física pela equipe de gestão de riscos da Receita Federal por meio de análise, como a inspeção da carga por imagens de escâner.

Cadela farejadora novata ajuda a encontrar e apreender 405 kg de cocaína no Porto de Santos — Foto: Divulgação/Receita Federal

A Receita Federal informou que dois cães de faro sinalizaram positivamente para a presença de drogas no contêiner. O primeiro é Uruk, pastor belga malinois, que já atua na aduana santista há alguns anos.

A cadela Kaoma, segundo a Receita Federal, tinha feito apenas indicações positivas em treinamentos e simulações, mas participou de forma eficaz já nesta oportunidade.

Cães de faro participaram da operação no Porto de Santos, SP — Foto: Divulgação/Receita Federal

O órgão acrescentou que, após a indicação dos cães de faro, os sacos de açúcar foram retirados do contêiner. O processo continuou até que foram identificados vinte e cinco sacos com embalagens diferentes, sem a marca do fabricante da carga lícita.

De acordo com a Receita Federal, a técnica criminosa empregada é chamada “Rip-Off modality”. Neste caso, a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento dos exportadores e dos importadores.

Receita Federal realizou testes na carga para comprovar presença de cocaína — Foto: Divulgação/Receita Federal

O uso desta técnica dificulta a gestão de risco aduaneiro, requerendo servidores especializados na análise de imagens e conhecimento no controle da movimentação de contêineres de exportação, segundo o órgão.

A Receita afirmou, por fim, que a droga interceptada pela Alfândega foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização e prosseguirá com as investigações.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-e-destaque-no-encontro-paulista-de-gestores-e-conselheiros-municipais

Prefeitura de Guarujá

Guarujá é destaque no Encontro Paulista de Gestores e Conselheiros Municipais

A Cidade marcou presença com representantes do poder público e sociedade civil, sendo 22 jovens do Conselho Municipal da Juventude que foram apresentados aos mais de 600 presentes A Prefeitura de Guarujá participou do 1º Encontro Paulista de Gestores e Conselheiros Municipais de Juventude, realizado em Jundiaí, no interior de São Paulo. O evento ocorreu na última sexta-feira (4) e a Cidade foi representada pela Assessoria de Políticas Públicas Para […]

today7 de agosto de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%