Gospel Prime

Caído, Caio Fábio relativiza o inferno ao ser questionado por rabino

today26 de maio de 2023 35

Fundo
share close

O polêmico ex-pastor Caio Fábio, que abraçou uma visão progressista, relativizou o inferno durante participação no podcast Inteligência Ltda, quando questionado por um rabino se ele acreditava no inferno.

Embora a proposta do podcast de Rogério Vilela fosse reunir representantes das três principais religiões, Judaísmo, Islamismo e Cristianismo, a presença de Caio Fábio acabou não sendo representativa para os cristãos, já que ele distorceu doutrinas bíblicas.

Quando questionado por Sheikh Jihad sobre sua visão a respeito do inferno, Caio Fábio argumentou que o inferno seria “praticamente uma impossibilidade humana” e que ele não crê no inferno eterno. “O inferno pra mim são experiências existenciais, que acontece todos os dias o tempo todo tem gente experimentando o inferno”, disse.

O que a Bíblia diz sobre o inferno?

É interessante observar que muitas pessoas acreditam na existência do céu, mas negam a existência do inferno. No entanto, de acordo com a Bíblia, o inferno é tão real quanto o céu. A Palavra de Deus ensina de forma clara e explícita que o inferno é um lugar real para onde os ímpios e descrentes são enviados após a morte.

As escrituras descrevem o castigo dos ímpios no inferno como “fogo eterno” (Mateus 25:41), “fogo que nunca se apaga” (Mateus 3:12), “vergonha e desprezo eterno” (Daniel 12:2), um lugar “onde o fogo nunca se apaga” (Marcos 9:44-49), um lugar de “tormentos” e “chamas” (Lucas 16:23-24), “eterna perdição” (2 Tessalonicenses 1:9), um lugar de tormento com “fogo e enxofre” onde “a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre” (Apocalipse 14:10-11), e um “lago de fogo e enxofre” onde os ímpios “de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre” (Apocalipse 20:10).



Assista:




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

motorista-que-provocou-acidente-e-matou-tres-pessoas-da-mesma-familia-e-julgado-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Motorista que provocou acidente e matou três pessoas da mesma família é julgado no litoral de SP

O homem acusado de provocar um acidente que matou três pessoas da mesma família, em 2012, será julgado nesta sexta-feira (26), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Daniela Ribeiro, de 29 anos, e a filha Júlia, de 9 anos, morreram no local do acidente. Leandro Franco, de 31 anos, chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu. O julgamento começou às 9h no Fórum de Praia […]

today26 de maio de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%