G1 Mundo

Câmera ao vivo para acompanhar ursos salva homem perdido no Alasca

today9 de setembro de 2023 9

Fundo
share close

Perdido na montanha Dumpling, o andarilho se dirigiu à câmera e disse coisas como “perdido” e “me ajude”.

Os guardas florestais do parque nacional Katmai foram alertados sobre o homem e conseguiram resgatá-lo.

O parque é um dos mais remotos dos Estados Unidos, acessível apenas por avião ou barco.



Por volta das 15h15 no horário local, amantes de ursos estavam acompanhando a câmera ao vivo na montanha Dumpling no Explore.org — um canal de documentários e rede de câmeras ao vivo na natureza —, quando um espectador comentou online: “Há alguém angustiado na câmera .”

A câmera não reproduz áudio, mas os espectadores entenderam, através da leitura labial, que o montanhista estava pedindo ajuda.

O Explore.org também disse à BBC que o homem “fez um sinal de negativo com o polegar”.

Não há rede de celular disponível na montanha e nem no parque.

Os espectadores entraram em contato com a equipe do Explore.org, que conseguiu entrar em contato com o Serviço Nacional de Parques.

Um moderador da página disse aos internautas que avisaram da situação: “Obrigado aos espectadores por nos informar. O Explore está ciente e pode entrar em contato com Katmai. Eles também estão acompanhando as imagens.”

“O parque enviou uma equipe de busca para encontrar o montanhista, que foi resgatado em condições de pouca visibilidade por conta do vento e chuva”, disse Cynthia Hernandez, porta-voz do Serviço Nacional de Parques, em comunicado à BBC.

Os guardas do parque encontraram o montanhista às 18h48, no horário local, que estava “ileso e foi trazido de volta à segurança”.

A audiência das câmeras de ursos do Alasca aumenta na véspera da Fat Bear Week (“Semana do Urso Gordo”, em tradução livre), que este ano acontece no início de outubro.

A Fat Bear Week é um concurso online popular realizado pelo parque nacional Katmai que coroa um urso como o mais guloso de todos, em um período que os animais estão se alimentando de salmão antes da hibernação.

Com sete câmeras espalhadas pelo parque, é comum as pessoas sintonizarem nos locais de pesca dos ursos.

Mas o montanhista resgatado teve sorte que havia pessoas observando a tundra alpina da montanha de Dumpling Mountain — um local menos popular e que estava envolto em neblina quando ele buscou ajuda.

Câmeras foram colocadas no Parque Nacional Katmai, no Alasca, para a observação de ursos-pardos caçando salmão — Foto: Getty Images/via BBC




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

carcereiro-e-demitido-nos-eua-por-fuga-do-brasileiro-danilo-cavalcante-da-prisao

G1 Mundo

Carcereiro é demitido nos EUA por fuga do brasileiro Danilo Cavalcante da prisão

O guarda aparentemente não percebeu Cavalcante, 34 anos, apoiando os pés e a mãos contra as paredes e subindo em direção ao teto para fugir, em 31 de agosto. O carcereiro, que não foi identificado, trabalhava na Prisão Estadual do Condado de Chester há 18 anos. A caçada a Cavalcante, envolvendo centenas de policiais, está na segunda semana. Cavalcante já foi avistado oito vezes desde sua fuga, mas continua conseguindo […]

today9 de setembro de 2023 59

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%