Tocando:

Rádio 97Web

Canadá pressiona para impor restrições a circuncisão de judeus

Escrito por em 21 de julho de 2021

O Canadá adicionou novos regulamentos que ameaçam restringir um dos mandamentos mais importantes da Torá para os judeus, o Brit Milah, ou seja, a circuncisão.

Em Manitoba, o Colégio de Médicos e Cirurgiões emitiu novos padrões de prática, que só permite a circuncisão de bebês do sexo masculino em instalações médicas ou consultórios médicos.

A justificativa da faculdade é que as novas medidas diminuiriam os riscos em torno do procedimento. No entanto, se esta restrição entrar em vigor no final do ano, o brit milah que acontece em um ritual judaico e é praticado desde Abraão na Bíblia, seria banido.

A grande maioria dos pais judeus dão as boas-vindas aos meninos no oitavo dia após o seu nascimento, com o brit milah, inclusive os que se definem seculares. Dessa forma, a circunscrição é comum no judaísmo, e também no islã.

Visto que Abraão circuncidou o seu filho Isaac que é o pai dos judeus, e também o seu filho Ismael, o pai dos árabes (Gênesis 17:23).

Comunidade judaica se posiciona

Depois da repercussão, um grupo de cinco rabinos de Manitoba assinaram uma carta para a faculdade de médicos questionando a restrição e afirmando que não há evidências de que o brit milah não é seguro

“Porque agora? Qual é o problema? Os judeus têm feito isso há décadas com médicos treinados. Na verdade, nossa comunidade judaica em Winnipeg tem a sorte de ter médicos judeus que receberam treinamento especial neste procedimento e nos rituais e bênçãos que os acompanham, e vêm realizando essa tarefa fora de seus consultórios e em ambientes não hospitalares por anos”, disseram.

A faculdade médica recebeu ainda cerca de 200 respostas escritas da comunidade judaica. A Dra. Anna Ziomek do Colégio de Médicos e Cirurgiões de Manitoba disse que o grupo irá considerar uma isenção para circuncisão masculina que for realizada em cerimônia religiosa ou tradição, segundo o Israel 365 News.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *