G1 Santos

Cão é filmado perseguindo lobo-marinho à beira-mar no litoral de SP; ASSISTA

today28 de junho de 2024 1

Fundo
share close

Um cachorro foi filmado perseguindo um lobo-marinho à beira-mar em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Em vídeos obtidos pelo g1, nesta sexta-feira (28), é possível ver os dois animais interagindo também na faixa areia. O lobo-marinho voltou para a água e não foi mais visto (assista acima).

Os registros foram feitos pelo representante comercial Luiz Eduardo Costa Dunha, de 45 anos, que estava na praia do Balneário Flórida na tarde de quinta-feira (27).

Ao g1, ele explicou que o lobo-marinho voltou para o mar depois que o cachorro apareceu, mas, pouco depois, foi visto novamente na praia do bairro Jardim Real.



“O cachorro ficou perturbando e ele [lobo-marinho] entrou no mar. Daí subiu nadando [foi para longe da costa] e entrou em alto-mar. A gente achou que ele tinha sumido, mas a população o achou de novo e a gente correu lá e filmou”.

Cachorro é visto 'perseguindo' lobo-marinho em praia do litoral de SP; VÍDEO

Cachorro é visto ‘perseguindo’ lobo-marinho em praia do litoral de SP; VÍDEO

De acordo com o representante comercial, o cachorro aparentava ser um husky siberiano filhote e ‘arteiro’. Não se sabe se animal que perseguia o lobo tem tutor ou está em situação de rua. “A Guarda Civil [Municipal] tentou correr atrás do cachorro, mas não conseguiu”.

O g1 procurou o Instituto Biopesca, que foi acionado para atender a ocorrência, mas não tem informações sobre o lobo-marinho, pois o animal deixou a praia.

O que fazer se eu achar um lobo-marinho?

Segundo o biólogo Andreth Oliveira, nesta época do ano é comum ver lobos-marinhos no litoral de São Paulo. Muitos migram para a região em busca de temperaturas mais amenas. Há também os juvenis que se perdem e são trazidos por correntes marinhas vindas do sul.

Cachorro indo atrás de lobo-marinho em Praia Grande (SP) — Foto: Luiz Eduardo Costa Dunha

“Quando chegam nas praias, estão procurando um lugar para descansar. Afugentar o animal para a água pode colocar a vida dele em risco, devido à exaustão, e causar um afogamento”, explicou.

O Instituto Biopesca orienta aos banhistas que acionem os órgãos ambientais responsáveis caso se deparem com animais como o lobo-marinho nas praias.

Tendo em vista as longas viagens migratórias, eles podem chegar até mesmo doentes. Então, o ideal é que as pessoas se mantenham afastadas dos animais para não perturbá-los.

A Prefeitura de Praia Grande informou que o Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe) foi informado sobre a presença do animal, que aparentava estar debilitado.

Uma equipe da Guarda Costeira foi direcionada e constatou que tratava-se de um lobo-marinho. Assim, a equipe Biopesca foi acionada para conter o animal com equipamentos apropriados, mas ele voltou para o mar e não houve necessidade da intervenção das equipes.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

dia-do-ceviche:-chefs-dao-dicas-para-fazer-o-prato-peruano-com-perfeicao-e-muito-sabor

G1 Santos

Dia do Ceviche: Chefs dão dicas para fazer o prato peruano com perfeição e muito sabor

A Unesco declarou o ceviche peruano como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Ele é um prato baseado em peixe cru ou camarão marinado em suco de limão ou lima ou outro cítrico. O preparo da receita tradicional exige cuidado e delicadeza, da escolha dos ingredientes ao cozimento. O resultado deve ser uma entrada leve e saborosa ou a refeição principal mais formal. A verdade é que um clássico ceviche peruano […]

today28 de junho de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%