G1 Santos

Casal tem viagem de férias canceladas após pacote ser suspenso pela 123 milhas

today23 de agosto de 2023 7

Fundo
share close

Um casal de Santos, no litoral de São Paulo, foi surpreendido pela agência de viagens 123 Milhas que suspendeu pacotes e a emissão de passagens de sua linha promocional, chamada de “Promo”. A medida atinge as viagens já contratadas da linha, de datas flexíveis, com embarques previstos de setembro a dezembro de 2023. Mariana Nogueira e Wilber Gadi iriam para Portugal visitar familiares em setembro, mas tiveram os planos cancelados.

A analista de cerimonial disse que o casal iria viajar de férias e ver o irmão dela que mora na Europa. com isso viram a promoção no site da agência e compraram as passagens para Portugal no dia 3 de abril. “Vimos a oportunidade e compramos. Gastamos na época cerca de R$ 5.600. Agora, as mesmas passagens estão em torno de R$ 11. A data de ida seria dia 3 de setembro e ficaríamos 16 dias”.

Ainda segundo ela, na sexta-feira (18), eles ficaram sabendo da suspensão da emissão das passagens. “Não fomos avisados pela agência. Eu soube por um grupo de Whats que participo e tem outras pessoas que viajariam pela promoção. Foi traumático quando confirmei”.



Mariana explicou ainda que tentou falar com a agência, mas que nos primeiros momentos, não obtiveram retorno. “Foi sem sucesso inicialmente. Somente após muitas tentativas, conseguimos um atendente via WhatsApp que informou o texto padrão, que era para retire um novo voucher, porem com valores e condições bem diferentes do que eu comprei”. disse ela.

No documento enviado pela agência, o valor do voucher era em média R$600 para cada um e haviam informações distorcida. “Alguns documentos informava que os voucher valiam por 12 meses e outros 36 meses. O novo valor seria disponibilizado parcelado, só poderia ser usado um por compra e na própria 123 milhas. Um absurdo e uma irresponsabilidade”.

Casal de Santos, SP, tem férias interrompidas após pacote de viagem ser suspensa pela 123 milhas — Foto: Arquivo Pessoal

Diante do posicionamento da 123 milhas, a analista de cerimonial ligou para o irmão, que é advogado e pediu as orientações e medidas legais que poderiam ser tomadas. “Eu estava aos prantos e sem saber o que fazer. A orientação dele [advogado] foi não receber o voucher e entrar na justiça com pedido de tutela de urgência”.

O casal então contratou um advogado aqui de Santos e fez o pedido. O documento foi protocolado na Justiça, no sábado (19). “Fizemos o que era possível, mas só começou a contar o processo a partir desta segunda-feira (21), dia útil. Agora é aguarda a decisão do juiz do juizado especial cível”, explicou.

Ainda segundo Mariana, não tem um prazo para a decisão, mas o advogado do casal explicou que em casos como esses, os juízes estão sendo rápido. ” Eu espero que ele tenha compaixão e conceda uma tutela de urgência para a emissão das passagens. Que seria o correto”, disse ela.

Em caso negativo, ou fora do tempo que seria a ida para Portugal, o casal terá as férias canceladas. “No fim das contas ficaremos sem as férias. Não vamos poder tirar novas férias em um ano. Estamos há mais de um ano sem ver meu irmão e meu cunhado. Muita ansiedade e tristeza”, finaliza ela.

Em comunicado divulgado na sexta-feira (18), a agência de viagens 123 Milhas informou que suspendeu os pacotes e a emissão de passagens de sua linha promocional (com datas flexíveis) e que tenham embarques previstos de setembro a dezembro de 2023.

De acordo com a companhia, a decisão não afeta os demais produtos ofertados. Veja a nota da empresa na íntegra:

“A 123milhas sempre buscou agir com transparência e respeito com os seus clientes. Diante disso, gostaríamos de compartilhar uma atualização importante relacionada ao produto PROMO (passagens e/ou pacotes com datas flexíveis).

Devido à persistência de circunstâncias de mercado adversas, alheias à nossa vontade, a linha PROMO foi suspensa temporariamente e não emitiremos as passagens com embarque previsto de setembro a dezembro de 2023.

Estamos devolvendo integralmente os valores pagos pelos clientes, em vouchers acrescidos de correção monetária de 150% do CDI, acima da inflação e dos juros de mercado, para compra de quaisquer passagens, hotéis e pacotes na 123milhas.

Nós entendemos que essa mudança é inesperada e lamentamos o inconveniente que isso possa causar. Para nós, manter a sua confiança é o mais importante. Por isso, estamos fazendo o possível para minimizar as consequências deste imprevisto”.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

parlamento-do-iraque-debate-lei-que-preve-pena-de-morte-por-relacoes-homossexuais

G1 Mundo

Parlamento do Iraque debate lei que prevê pena de morte por relações homossexuais

O Iraque, que não tem nenhuma legislação sobre a homossexualidade, condena pessoas LGBTQIAP+ com base em um artigo do código penal de 1969, que prevê "a prisão perpétua ou vários anos de prisão" por sodomia. A pequena comunidade LGBTQIAP+ iraquiana é alvo de frequentes "sequestros, estupros, torturas e assassinatos" por parte de grupos armados que gozam de "impunidade", denunciou a ONG Human Rights Watch (HRW) em um relatório publicado em […]

today23 de agosto de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%