G1 Mundo

Celac se reúne nesta quinta e busca declaração condenando tentativa de golpe na Bolívia

today27 de junho de 2024 5

Fundo
share close

A realização da reunião foi articulada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em ligação ainda nesta quarta-feira (26), logo após a tensão na Bolívia, para Xiomara Castro, presidente de Honduras, que preside de forma rotatória a Celac.

A videoconferência acontecerá à tarde em razão do fuso horário hondurenho e da maior parte dos países da costa do Oceano Pacífico.

O encontro terá falas de líderes dos países. Apesar de ter proposto a reunião, o presidente Lula pode não participar, por conta de compromissos que terá em Minas Gerais.



É esperada a participação do ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira. A expectativa é de que, ao final da reunião, a Celac emita um comunicado conjunto, condenando o movimento antidemocrático na Bolívia.

Apoiador do presidente da Bolívia, Luís Arce, segura bandeira do país após tentativa de golpe fracassar nesta quarta-feira (26). — Foto: Juan Karita/AP

Em solo paraguaio, o Brasil está sendo representado pela secretária-geral do Itamaraty, Maria Laura da Rocha. A exemplo de outros organismos, a OEA tem uma carta de defesa democrática, de 2001, que deve ser reiterada no encontro.

“Toda a nossa arquitetura de integração regional parte da premissa de que somos democráticos”, afirmou um diplomata à TV Globo.

Governo brasileiro condena tentativa de golpe na Bolívia

Governo brasileiro condena tentativa de golpe na Bolívia

Até o momento, a visita de Estado que Lula fará à Bolívia, no dia 9 de julho está mantida. O petista terá uma reunião bilateral, na ocasião, com o presidente Luis Arce.

Na visita, o Brasil vai se manifestar pelo incentivo e reforço da integração entre os países. A Bolívia é o principal parceiro brasileiro no mercado de gás natural, considerado fundamental para o abastecimento do Brasil e da Argentina. É o único país integrado por meio de gasodutos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

Notícias

Golpe fracassado na Bolívia pode acelerar processo de entrada do país no Mercosul

A discussão sobre esse novo membro deve ser feita na cúpula do bloco, no Paraguai, no próximo dia 8. A avaliação de membros do Itamaraty é de que essa adesão seria simbólica de um compromisso da Bolívia com a democracia – o Mercosul adota a chamada "cláusula democrática" que impede a participação de governos autoritários no bloco. O tema da democracia, aliás, deve ser o grande assunto da Cúpula do Mercosul em Assunção, no mês que vem. O Itamaraty avalia […]

today27 de junho de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%