G1 Mundo

Chanceler fez mais de 50 reuniões em 2 meses e busca reposicionar país no cenário internacional

today7 de março de 2023 10

Fundo
share close

A agenda intensa do chanceler tem o objetivo de reposicionar o Brasil nas relações internacionais, uma demanda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), após quatro anos de interlocução atribulada do governo Jair Bolsonaro com outros países.

Em quase 60 dias, Mauro Vieira se reuniu, no Brasil e no exterior, com diplomatas de França, Rússia, Espanha, Reino Unido, Canadá, Argentina, México, Alemanha, Japão, Suíça, entre outros países.

Também se encontrou com enviados da União Europeia (UE), da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre outros organismos internacionais.



Quando foi designado para chefiar o Itamaraty, Mauro Vieira recebeu de Lula ordem para reestabelecer pontes diplomáticas do país com outros Estados, a fim de alçar o Brasil ao posto de protagonista nas discussões internacionais.

Por outro lado, fontes do Ministério das Relações Exteriores afirmam que houve um aumento da procura do Brasil por outros países neste ano.

Neste mês, Lula deve ir à China, onde se encontrará com o presidente Xi Jinping. O petista já viajou para Argentina, Uruguai e Estados Unidos nos últimos meses.

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, se encontrou na Índia com Sergey Lavrov, chanceler da Rússia — Foto: Reprodução

Na semana passada, o ministro Mauro Vieira esteve em Nova Délhi, na Índia, para a reunião dos chanceleres do G20, grupo formado pelas 20 maiores economias do mundo. Lá, o ministro se reuniu pessoalmente com o secretário norte-americano Anthony Blinken.

Durante o encontro, os dois representantes diplomáticos trataram de assuntos como as relações comerciais bilaterais entre Estados Unidos e Brasil, além do combate ao desmatamento e do papel do Brasil na busca por uma solução na guerra entre Rússia e Ucrânia.

Além dos encontros no Brasil e no exterior, as conversas por telefone também foram destaque na agenda.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-e-condenado-a-pagar-a-ex-esposa-27-anos-de-salario-por-trabalho-domestico-na-espanha

G1 Mundo

Homem é condenado a pagar à ex-esposa 27 anos de salário por trabalho doméstico na Espanha

Um tribunal espanhol condenou um homem a pagar à ex-esposa mais de 200.000 euros (cerca de US$ 213 mil ou R$ 1,1 milhão), resultado da adição do salário mínimo desde 1996, por trabalho doméstico desde que se casaram, de acordo com uma decisão divulgada nesta terça-feira (7). A mulher será "indenizada com 204.624,86 euros, quantificando o referido valor mediante a aplicação do salário mínimo em cada ano desde 1996", afirma […]

today7 de março de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%