G1 Mundo

Chanceler vê ‘paralisia’ e diz que é ‘lamentável’ Conselho de Segurança da ONU não aprovar resolução sobre conflito entre Hamas e Israel

today8 de novembro de 2023 13

Fundo
share close

Vieira deu as declarações durante discurso em um fórum realizado pelo governo federal com investidores, no Palácio do Itamaraty.

“A estabilidade regional e internacional são essenciais para prosperidade e o desenvolvimento. Em outubro, ocupamos a presidência do conselho de segurança das Nações Unidas que coincidiu com os trágicos desenvolvimentos em Israel e na Faixa de Gaza“, disse o chanceler.

“Mobilizamos todos os nossos esforços para reverter a paralisia do principal órgão do sistema multilateral em favor de uma solução para a alarmante situação humanitária na região. É lamentável, além de moralmente inaceitável, que uma vez mais o conselho de segurança não tenha conseguido estar à altura do seu nobre mandato”, completou Mauro Vieira.



No período, a diplomacia do Brasil tentou, mas não conseguiu aprovar nenhuma resolução que pudesse levar o conflito entre Israel e o Hamas a um cessar-fogo ou à abertura de corredores humanitários para retirada das população civil da Faixa de Gaza.

Fantástico acompanha bastidores do Conselho de Segurança da ONU

Fantástico acompanha bastidores do Conselho de Segurança da ONU

Reforma do Conselho de Segurança

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é um defensor da reforma do Conselho de Segurança. O Brasil, no momento, ocupa uma das cadeiras não permanentes do grupo.

O Conselho de Segurança da ONU é formado por 15 membros, mas somente cinco ocupam os chamados assentos permanentes e, com isso, têm direito a poder de veto. São eles: Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido.

Lula defendeu recentemente o fim do poder de veto dos membros permanentes do conselho.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

autoridades-internacionais-alertam-para-aumento-do-antissemitismo-apos-ataque-terrorista-do-hamas-a-israel

G1 Mundo

Autoridades internacionais alertam para aumento do antissemitismo após ataque terrorista do Hamas a Israel

Escolas estão fechadas e encontros religiosos só podem acontecer sob proteção de guardas armados, diz texto assinado por representantes de 23 países e de organizações como a ONU. Autoridades internacionais fazem alerta contra aumento do antissemitismo Escolas judaicas estão fechadas por não poder garantir segurança aos alunos e encontros religiosos só podem acontecer sob proteção de guardas armados, diz o texto assinado por representantes de 22 países e de organizações […]

today8 de novembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%