G1 Mundo

Chavista que tornou candidatos de oposição na Venezuela inelegíveis é promovido à maior autoridade eleitoral do país

today28 de agosto de 2023 16

Fundo
share close

Elvis Amoroso é chavista de carteirinha, amigo da primeira-dama Cília Flores e um dos altos funcionários do governo de Nicolás Maduro sancionados pelos EUA.

Nomeado presidente do Conselho Nacional Eleitoral pelo Parlamento de maioria chavista, ele terá como incumbência a organização das eleições presidenciais do próximo ano, na qual o seu chefe concorrerá ao terceiro mandato consecutivo.

Foi o próprio Amoroso, de 60 anos, quem anunciou ter sido alçado ao cargo.



“Estamos orgulhosos de que a nossa querida Venezuela tenha o sistema eleitoral mais confiável do mundo e vamos demonstrá-lo em cada um dos próximos processos eleitorais”, declarou.

Ele é conhecido no país como “o inabilitador”, por ter tornado inelegíveis políticos como Henrique Capriles, Juan Guaidó e Maria Corina Machado, entre outros.

No momento em que Maduro tenta se livrar das sanções dos EUA e limpar a imagem de autocrata diante da comunidade internacional, a nomeação de Amoroso vai de encontro à sua promessa de promover eleições livres.

A medida recebeu a condenação de ONGs de direitos civis e opositores. “A ditadura impõe a arbitrariedade e inconstitucionalidade com uma CNE que não é independente nem proporciona confiança”, reagiu Mariano Alvarado, assessor da ONG Provea.

Amoroso presidirá o órgão com dois reitores chavistas e outros dois ligados à oposição.

Embora inabilitado por Amoroso para ocupar cargos públicos, o ex-governador Henrique Capriles disputa uma vaga nas primárias de outubro como candidato opositor nas eleições de 2024.

Ele denunciou a nomeação de um militante para o cargo de presidente da CNE como parte de uma estratégia de Maduro para desmobilizar a oposição e espantar o voto.

Para César Pérez Vivas, outro pré-candidato inabilitado, a manobra é mais uma demonstração de que o regime sabe que está em desvantagem e, por isso, trata de afugentar o eleitor das urnas. “Não devemos cair na armadilha de Maduro”, advertiu.

A escolha de um militante para presidir o CNE não chegou a surpreender partidários do governo e opositores. Sancionado em 2017 pelos EUA por minar os processos eleitorais e por censura à mídia, Amoroso preenche os requisitos de lealdade a Maduro e, portanto, foi qualificado para o cargo.

Venezuela: Corte Interamericana condena Maduro por intervenção na Cruz Vermelha

Venezuela: Corte Interamericana condena Maduro por intervenção na Cruz Vermelha




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

helicoptero-cai-em-pompano,-na-florida;-video

G1 Mundo

Helicóptero cai em Pompano, na Flórida; VÍDEO

O helicóptero pertencia à equipe de resgate dos bombeiros do condado de Broward. Helicóptero cai em Pompano, na Flórida Um helicóptero da equipe de resgate dos bombeiros de Broward caiu em Pompano Beach, Flórida, na manhã desta segunda-feira (28). Três pessoas estavam dentro da aeronave no momento do acidente. De acordo com Veda Coleman-Wright, porta-voz da polícia local, duas pessoas que estavam no solo e duas que estavam no helicóptero […]

today28 de agosto de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%