G1 Mundo

Ciclone Freddy deixa ao menos 100 mortos no Malaui e em Moçambique

today14 de março de 2023 9

Fundo
share close

Pelo menos 100 pessoas morreram no Malaui e em Moçambique pelas chuvas torrenciais e os fortes ventos desde que o ciclone Freddy, que está seguindo um caminho incomum, passou pelo sul da África, disseram as autoridades nesta segunda-feira (13).

Mais de 99 corpos foram encontrados no sul do Malaui e as autoridades declararam estado de catástrofe, incluindo a capital econômica Blantyre.

O chefe de Estado, Lazarus Chakwera, “constatou, com grande inquietude, a devastação que o ciclone Freddy está provocando em muitos distritos (…) e declarou o estado de catástrofe [no sul]”, diz um comunicado.



Outras quatro pessoas morreram no país vizinho, Moçambique, e muitas pessoas estão desaparecidas. O instituto nacional de gestão de desastres do país (INGD) disse que as consequências da tormenta que atingiu a área eram piores do que o esperado.

As pessoas observam os danos causados pelo ciclone Freddy em Chilobwe, Blantyre, Malaui, 13 de março de 2023. — Foto: REUTERS/Eldson Chagara

A cidade portuária de Quelimane, situada a 40 quilômetros de onde o ciclone tocou terra, ainda está isolada do restante do país. Em algumas áreas já não há mais ruas, água ou eletricidade, contou, por telefone, Guy Taylor, porta-voz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

“O número de pessoas afetadas superou as previsões”, afirmou Luisa Meque, diretora do INGD.

Ela também disse que a tormenta golpeou zonas moçambicanas consideradas seguras.

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM) da ONU, o ciclone Freddy se formou no nordeste da Austrália na primeira semana de fevereiro. A tempestade atravessou o sul do oceano Índico e atingiu Madagascar em 21 de fevereiro, antes de chegar a Moçambique em 24 de fevereiro.

Com uma trajetória incomum, o ciclone voltou a afetar o território moçambicano durante o último fim de semana e chegou ao Malaui na madrugada de segunda-feira (13).

Se a tempestade mantiver a força, Freddy se tornará o ciclone tropical mais duradouro já registrado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

soldados-russos-reclamam-de-condicoes-e-pedem-ajuda-a-putin

G1 Mundo

Soldados russos reclamam de condições e pedem ajuda a Putin

Na gravação, postada no Telegram e noticiada pela agência de notícias alemã DPA, o porta-voz do grupo reclama da falta de equipamentos e diz que os comandantes militares enviaram unidades despreparadas para a guerra. Ele se apresenta mascarado e cercado de um dezena de uniformizados, também com os rostos cobertos. O soldado apela para que Putin, como comandante-em-chefe das Forças Armadas, cuide para que os comandantes militares façam seu trabalho. […]

today14 de março de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%