Tocando:

Rádio 97Web

Com novos grupos, veja quem se vacina nesta quinta em 13 capitais

Escrito por em 17 de junho de 2021

O Brasil já vacinou mais de 58 milhões de pessoas com a primeira dose contra a covid-19. E dessas, mais de 24 milhões também já foram imunizadas com a segunda dose.

Com isso, a vacinação no país vai avançando, e diversas capitais, como São Paulo e São Luís, já preveem até data para concluir a imunização de toda população adulta.

Um destaque desta quinta-feira (17), é o início da vacinação contra covid-19 para pessoas com 39 anos e sem comorbidades em Manaus. Primeiro, receberão o imunizante as pessoas nascidas entre janeiro e junho, e na sexta-feira, serão os de 39 anos nascidos de julho a dezembro.

Veja, abaixo, o cronograma de vacinação desta quinta-feira em 13 capitais brasileiras.

A capital paulista começa, nesta quinta-feira (17), a vacinar pessoas com 54 e 55 anos de idade contra a covid-19. O cronograma prevê que, de forma escalonada, as pessoas a partir dos 50 anos comecem a ser vacinadas até o próximo sábado (19).

A Prefeitura de São Paulo também estima que a partir da próxima semana inicia a imunização com pessoas com menos de 50 anos, e até o dia 15 de setembro toda população adulta da cidade já esteja vacinada.

Nesta quinta-feira também começa a vacinação contra covid-19 de pessoas com 51 anos no Rio. A imunização acontece de forma escalonada por idades, e nesta sexta-feira (18), é a vez de pessoas com 50 anos ou mais.

Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.

Nesta quinta e na sexta-feira acontecerá a vacinação contra covid-19 para mulheres a partir da 29ª semana de gestação (terceiro trimestre) e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) sem comorbidades.

Para se vacinar com a dose da Pfizer, o público precisa apresentar a prescrição médica. A prefeitura informou que, à medida que for recebendo novas remessas de vacinas contra a covid-19, outros grupos de gestantes sem comorbidades serão imunizados.

O cronograma de vacinação na capital baiana prevê a imunização de pessoas que precisam da 2ª dose de Oxford ou CoronaVac com data programada entre 14 e 24 de junho.

Os pontos de vacinação por demanda aberta para antecipação da 2ª dose da vacina de Oxford funcionarão das 08h às 16h. Os locais para administração da dose complementar da Coronavac também funcionarão das 08h às 16h. Todos os pontos de imunização entre drives e postos fixos funcionarão exclusivamente para fechamento do esquema vacinal.

Na capital cearense, a aplicação é feita por agendamento, em ordem decrescente de idade, de pessoas de 59 anos até chegar aos 18 anos. 

A quarta fase de imunização na cidade prevê o atendimento a membros das Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas; pessoas em situação de rua; população privada de liberdade; funcionários do sistema de privação de liberdade; trabalhadores da educação do ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA); e trabalhadores da educação do ensino superior.

Para fazer o agendamento, o fortalezense deve se cadastrar no sistema da prefeitura. Após a conclusão do preenchimento dos dados, o usuário deve checar o e-mail de confirmação para a finalização dessa etapa.

A capital do Amazonas começa, nesta quinta-feira, a vacinar contra covid-19 pessoas com 39 anos nascidas entre os meses de janeiro a junho. Na sexta-feira, serão os de 39 anos nascidos de julho a dezembro.

O cronograma da prefeitura prevê ainda que, no sábado (19), todo o público de 38 anos seja imunizado. A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde é atender com a primeira dose do imunizante 49,3 mil pessoas dessas duas faixas, sendo 23,6 mil de 39 anos e 25,7 mil de 38 anos.

Ao longo de toda esta semana, a capital paranaense vacina as 36.800 pessoas de grupos prioritários já agendados para receber a primeira dose.

Segundo a prefeitura, os grupos prioritários são: pessoas em situação de rua, servidores da Fundação de Ação Social, professores e profissionais da educação básica, aeroportuários, profissionais de saúde, gestantes e puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência e professores do ensino superior.

Na capital pernambucana, pessoas com 43 anos ou mais, trabalhadores da indústria e construção civil sediadas no município do Recife com 40 a 59 anos, trabalhadores de assistência social, caminhoneiros, membros das forças de segurança e salvamento, trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, além de profissionais da educação, do transporte público e população em situação de rua podem fazer o cadastro para, posteriormente, agendar a vacina.

Goiânia segue vacinando a população em geral a partir de 52 anos e grupos prioritários. Serão disponibilizados para esses grupos 26 locais de vacinação na modalidade pedestre, das 8h às 17h, além do drive thru do shopping Passeio das Águas para a população geral, das 8h às 15h.

A capital de Goiás ultrapassou a marca de 700 mil doses aplicadas contra a covid-19. Do total, foram 490 mil de primeira dose e mais de 210 mil de segunda dose.

Desde a última segunda-feira (14), a Secretaria Municipal de Saúde de Belém avançou com a vacinação por idade de pessoas sem comorbidade. Nesta quinta-feira, são vacinadas as pessoas com idades entre 48 e 59 anos. Já na sexta-feira, inclui também pessoas com 47 anos.

Para receber a vacina é necessário levar CPF, RG, Cartão do SUS e comprovante de residência de Belém. Os postos e pontos de vacinação funcionam das 9h às 17h. Ao todo, Belém já aplicou mais de 540 mil doses, segundo a prefeitura.

A capital gaúcha segue a imunização de homens e mulheres com 52 anos ou mais sem comorbidades e profissionais da rede de ensino municipal, comunitária, estadual ou privada, bem como de ensino superior ou profissionalizante, podem receber a primeira dose da vacina contra covid-19 na capital gaúcha.

Além destes grupos, pessoas com mais de 18 anos com comorbidades e deficiências permanentes também podem ser imunizadas. Diferente de outras capitais, em Porto Alegre não é necessário fazer um pré-agendamento.

A capital mato-grossense continua vacinando todos os grupos prioritários já liberados no PNI (Plano Nacional de Vacinação), além dos trabalhadores da educação e pessoas sem comorbidades a partir dos 55 anos. A prefeitura também abriu cadastro para pessoas com 53 e 54 anos.

No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.

A capital do Maranhão começou na quarta-feira a vacinar as pessoas com 24 e 25 anos. Até o momento, a cidade tem divulgado o calendário chamando duas idades por vez, de forma escalonada, para a imunização.

A Prefeitura de São Luís já abriu o cadastro para pessoas com 18 anos na plataforma VacinaSãoLuís e nos próximos dias anunciará o calendário de vacinação para esse público. Com isso, São Luís deve ser a primeira capital do país a vacinar toda a população adulta contra a covid-19.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *