Tocando:

Rádio 97Web

Confira a situação das praias no litoral de SP durante o réveillon

Escrito por em 29 de dezembro de 2020

Cidades que optaram por manter o bloqueio às praias deverão arcar com a fiscalização.

Praia de Santos (SP) nesta terça-feira (29) — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Santos, São Vicente e Guarujá, no litoral de São Paulo, irão fechar as praias durante o Ano Novo. A medida será tomada para evitar aglomerações e a contaminação pelo novo coronavírus. Já Praia Grande, Itanhaém, Mongaguá e Peruíbe irão manter as praias liberadas após o Governo do Estado anunciar que não se responsabiliza pela fiscalização nos municípios.

O bloqueio às praias durante o réveillon, como medida para evitar aglomerações na orla, foi definido pelo Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) na semana passada. A decisão foi anunciada pelo presidente do grupo e prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

No entanto, o Condesb pleiteou reforço do Governo do Estado para assegurar a efetividade dessas e outras medidas. Após o Governo anunciar que não se responsabiliza pela fiscalização das praias, algumas cidades anunciaram que não possuem condições de seguir com a medida restritiva e voltaram atrás na decisão.

O Condesb chegou a pleitear a realização de barreiras sanitárias nas rodovias de acesso à Baixada Santista, no Sistema Anchieta-Imigrantes e Mogi-Bertioga. No entanto, o pedido também não foi atendido pela Artesp e Ecovias.

Veja a situação das praias na Baixada Santista no Ano Novo

  • Santos: orla fechada com gradis e telas entre 0h do dia 31 de dezembro e 0h de 2 de janeiro
  • São Vicente: orla interditada com fiscalização das 19h do dia 31 de dezembro às 6h do dia 1º de janeiro
  • Guarujá: orla e calçadão fechados com gradis entre a noite do dia 30 de dezembro e a manhã do dia 2 de janeiro
  • Itanhaém: praias liberadas
  • Praia Grande: praias liberadas
  • Peruíbe: praias liberadas
  • Mongaguá: praias liberadas
  • Bertioga: ainda não foi definido

Em todas as cidades, aglomerações de pessoas e o desuso de máscaras de proteção facial são proibidos. Não haverá queima de fogos promovida pelas prefeituras de nenhuma cidade da região.

Barreiras sanitárias instaladas em pontos de Santos, no litoral de São Paulo — Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

Além de decidir pelo fechamento das praias, as prefeituras também anunciaram que irão implantar barreiras sanitárias para evitar a vinda de ônibus e vans de turismo para a região neste período.

Em Santos, assim como ocorreu no Natal, barreiras sanitárias serão montadas nos acessos à Cidade, entre os dias 31 de dezembro e 3 de janeiro, para fiscalizar a vinda de vans e ônibus com turistas de um dia.

Em São Vicente, a barreira acontecerá entre os dias 31 de dezembro e 2 de janeiro em horários de maior pico em seis pontos: Centro de Convenções, Ponte Pênsil, Divisa/Praia, Divisa/Tambores, Imigrantes (acesso I) e Imigrantes (acesso II).

Em Guarujá, as três barreiras sanitárias serão implantadas nas principais entradas do Município, com aferição de temperatura dos ocupantes dos veículos, na quinta-feira (31) e sexta-feira (1º). Também estão mantidas seis barreiras, que funcionam 24 horas, destinadas ao controle de acesso de ônibus, vans e similares com fins turísticos, que estão proibidos de entrar no perímetro urbano, conforme decreto municipal do último dia 3.

Em Praia Grande para o dia 31 serão realizadas barreiras sanitárias nas duas entradas da Cidade, na Avenida Ayrton Senna e na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega. A ação terá como foco orientar motoristas que apenas neste dia visitam a cidade para aproveitar a virada do ano, para que não façam essa prática e retornem para as suas cidades de origem. Os trabalhos contam com uma estratégia de horários alternados sem divulgação a população.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Continue lendo