G1 Mundo

Conheça o Hobbyhorse: ‘primo’ bizarro do hipismo, esporte praticado com cavalinhos de brinquedo viralizou na internet

today19 de junho de 2024 6

Fundo
share close

O esporte surgiu na Finlândia , mas ganhou o mundo graças à internet. Em grande parte, pelo fator bizarro ou engraçado dos vídeos em que pessoas percorrem circuitos “montadas” em cavalinhos de brinquedo.

Vídeos de pessoas praticando hobbyhorse, ou hobby-horse (expressão que significa “cavalo de pau”), viralizaram no TikTok e viraram motivo de piada. Quem critica diz que a atividade não passa de uma brincadeira de criança e não deveria ser considerada um esporte.

Mas quem pratica leva muito a sério: em um vídeo que soma mais de 50 milhões de visualizações na plataforma de vídeos, uma atleta adolescente luta para recuperar o fôlego depois de uma prova em um campeonato que aconteceu na Eslováquia.



“”Hobby horsing não é um esporte, é fácil e tudo mundo consegue fazer…’ Sério? Essa sou eu depois de minha rotina de adestramento… Eu estava quase desmaiando, não podia respirar”, diz o texto em destaque no vídeo.

Vídeo em que atleta de hobbyhorse aparece exausta depois de competir viralizou no TikTok — Foto: Reprodução/TikTok @kht_duck

🐴 ‘Pessoas que apenas espalham ódio na internet, eu ignoro’

No último sábado (15), aconteceu a 11ª edição do Campeonato Finlandês de Hobbyhorse, o maior do esporte. O evento, realizado na cidade de Seinäjoki, a 350km da capital Helsinki, reuniu competidores, e cavalinhos, de diferentes países.

A alemã Nele Nöhrbaß, 18, foi uma das atletas que participou da disputa.

“Competições como essas são lugares seguros onde ninguém julga você por fazer o que ama”, contou em entrevista ao g1.

Seu primeiro contato com o hobbyhorse foi aos 12 anos, vendo vídeos no Youtube. Nele testou alguns movimentos e convenceu os pais a comprarem seu primeiro cavalo de madeira.

“Acho que o que me atraiu foi a diversidade. Não se trata apenas do esporte em si, mas da criatividade que ele traz. Você pode fazer seus próprios cavalos ou arreios, pode tirar muitas fotos e vídeos. Eu gostei desde o início”, conta a atleta.

Ela explica que a prática de hobbyhorse consiste em imitar os movimentos de cavalos reais com as réplicas de brinquedo.

Mas quem ganha? No caso de competições, os juízes avaliam a destreza e elegância dos atletas ao executarem os movimentos em diferentes categorias. Na categoria “salto”, por exemplo, vence a pessoa que terminar o circuito em menor tempo e sem derrubar nenhuma barreira. Também existem as categorias “adestramento” e “faroeste”.

A atleta compartilha sua rotina de treinos e competições para mais de 80 mil seguidores em perfis no TikTok, Youtube e Instagram. E diz que não está nem aí para os haters:

“Quando algumas pessoas veem o hobbyhorse pela primeira vez, elas podem ser muito más. Aprendi a lidar com isso e a ignorar comentários estúpidos. Mas fico sempre feliz quando as pessoas estão dispostas a aprender mais sobre o hobby e sempre respondo perguntas gentilmente. Pessoas que apenas espalham ódio na internet, eu ignoro”, contou Nele Nöhrbaß.

A alemã Nele Nöhrbaß pratica hobbyhorse há seis anos — Foto: Arquivo pessoal/Nele Nöhrbaß

🐎 Da Finlândia para o mundo

De acordo com a Associação Finlandesa de Hobbyhorse, o esporte começou a se consolidar a partir do século 19 no país. A ideia por trás da atividade era aproveitar uma brincadeira de criança, o cavalinho de pau, para motivar os jovens a praticar exercícios físicos e também a desenvolver habilidades artesanais.

“Compreensivelmente, muitos daqueles que acabaram de ouvir falar do nosso hobby estão mais ou menos confusos. O esporte inclui montar, competir e treinar, mas também fabricar cavalos de pau, vendê-los, colecioná-los e negociá-los, organizar competições, acampamentos e administrar a comunidade. Há muita variedade e cada entusiasta de cavalos de pau pode construir seu instrumento a partir das peças que quiser”, diz o texto de apresentação da organização.

No começo dos anos 2000, o esporte começou a se popularizar internacionalmente. França, Rússia, Alemanha, Holanda, Ucrânia, Reino Unido e Polônia são alguns dos lugares que já possuem associações oficiais dedicadas ao esporte.

Mais recentemente, graças ao TikTok e outras redes sociais, ele tem chegado a outras partes do mundo. Mesmo que seja como meme, claro. Afinal, o esporte ainda é incompreendido.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘diplomacia-dos-pandas’:-china-envia-ursos-fofinhos-como-‘presente’-para-paises-para-fortalecer-relacoes

G1 Mundo

‘Diplomacia dos pandas’: China envia ursos fofinhos como ‘presente’ para países para fortalecer relações

A oferta vem em um momento em que os laços entre a Austrália e seu maior parceiro comercial estão melhorando após uma disputa diplomática que levou a China a impor uma série de restrições às exportações agrícolas e minerais australianas em 2020. E não foi apenas para a Austrália. No final de maio, foi anunciado que um casal de pandas será enviado ao Zoológico Nacional, em Washington. A China também […]

today19 de junho de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%