G1 Santos

Coreana mantém tradições culinárias orientais no Brasil e ensina o japchae, saboroso macarrão com legumes

today5 de dezembro de 2022 9

Fundo
share close

Com menos de 1 ano de idade, Jin Woo Lee saiu da Coreia do Sul com os pais e veio para o Brasil. Em casa, ela aprendeu a falar com coreano e na escola, o português. A família sempre procurou manter as tradições coreanas. Mesmo longe de seu país de origem, ela diz que ficará com o coração dividido na disputa entre Coreia e Brasil, na Copa do Mundo. Já culinária, ela é apaixonada pelos pratos orientais e ensinou ao g1 a fazer o japchae, saboroso macarrão com legumes, cogumelos e carne.

Jin e a mãe Byung Im Lee Moon, de 72 anos, moram em Santos, no litoral de São Paulo. Ela conta que nasceu em Seuol e é a filha mais velha de quatro irmãos, que também vivem no Brasil. Segundo ela, o pai Jong Kwan Lee decidiu sair da Coreia após voltar da guerra.

Jin e os pais, que vieram morar no Brasil na década de 70 — Foto: Arquivo Pessoal



“Meu pai era ex-combatente do Vietnã. Ele lutou pela Coreia lá no Vietnã. Quando ele voltou para a Coreia, o irmão dele, mais velho, acabou falecendo. Como ele tinha recém-casado, ele quis construir a vida dele em um novo lugar. Ele escolheu o Brasil”, conta ela.

Jin lembra que aprendeu o coreano em casa, já que os pais e a avó paterna falavam apenas a língua materna. Além do idioma, a família também sempre manteve as tradições em casa. Para ela, a disciplina e as comidas, que são bem diferentes daquelas encontradas no Brasil, são as características mais marcantes da cultura da Coreia. “Aprendi vendo minha mãe cozinhar e ajudando na cozinha”.

Jin preparou um japchae, macarrão de batata doce com legumes e carne — Foto: Mariane Rossi/g1

Kimchi é uma das comidas favoritas de Jin. Ele é um dos pratos mais importantes na Coreia e consiste em um repolho fermentado com pimenta. Ele é servido como um acompanhamento e combina com tudo.

Outro prato bem conhecido é bimbap. “É o sushi coreano”, explica Jin. A receita original usa seis vegetais, mas você pode usar o que tiver na geladeira. É uma deliciosa mistura de arroz, vegetais, carne, ovo frito, pasta de pimenta (gochujang), molho de soja e sementes de gergelim.

Kimchi é uma das comidas favoritas de Jin. Ele é um dos pratos mais importantes na Coreia e consiste em um repolho fermentado com pimenta — Foto: Mariane Rossi/g1

Nos dias mais quentes, ela Jin prefere o japchae. “Normalmente, eles fazem apenas em datas festivas”, explica ela. O prato coreano é feito de macarrão de batata doce, refogado com óleo de gergelim, molho shoyo e acompanha legumes e carnes. “Quem for vegetariano, coloca só os legumes”. Ela ensinou a receita ao g1 (confira a receita abaixo ou no vídeo acima).

Para acompanhar, ela sugere o soju, a bebida mais consumida na Coreia do Sul. Ela tradicionalmente é feita de arroz, trigo ou cevada. “Cachaça coreana. Eu costumo beber o soju de uva ou morango porque o original é um pouquinho forte”, explica.

Jin é uma apreciadora das comidas coreanas. Já no fuetbol, ela diz que fica dividida. A Coreia e o Brasil se enfrentam nesta segunda-feira (5) na Copa do Mundo do Catar. “Será 2 a 1 para o Brasil. Meu coração fica dividido, mas sou brasileira. É o país que me acolheu”. Ela fiz que pode ter nascido na Coreia, mas se sente brasileira. “Se a Coreia fizer gol, ficarei muito feliz. Mas, se o Brasil fizer, vou também”.

Japchae, macarrão de batata doce com legumes e carne — Foto: Mariane Rossi

  • 1 cenoura ralada
  • 1/2 pimentão verde
  • 1/2 pimentão amarelo
  • 1/2 pimentão vermelho
  • 100 gramas de shimeji
  • 100 gramas de filé mignon ou contra-filé
  • macarrão de batata doce
  • óleo de gergelim a gosto
  • molho shoyo a gosto
  1. Corte os pimentões e a carne em tiras, e rale a cenoura.
  2. Tempere a carne com sal, pimenta.
  3. Em uma frigideira, adicione um pouco do óleo de gergelim e refogue a cenoura. Reserve
  4. Na mesma frigideira, faça o mesmo com os outros ingredientes separadamente: shimeji, pimentões e o filé mignon.
  5. Ferva bastante água em uma panela grande e coloque o macarrão. Deixe cozinhar por cerca de 3 minutos ou no tempo indicado na embalagem.
  6. Em uma travessa, despeje o macarrão e os outros ingredientes. Adicione óleo de gergelim e shoyo a gosto. Misture bem todos os ingredientes. Sirva em seguida.

Japchae, macarrão de batata doce com legumes e carne — Foto: Mariane Rossi/g1

Japchae, macarrão de batata doce com legumes e carne — Foto: Mariane Rossi/g1

Japchae, macarrão de batata doce com legumes e carne — Foto: Mariane Rossi/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

em.-valeria-cristina-inspira-alunos-a-“ler-sem-fronteiras-e-aprender-sem-medidas”

Prefeitura de Guarujá

E.M. Valéria Cristina inspira alunos a “Ler sem Fronteiras e Aprender sem Medidas”

Projeto de leitura foi trabalhado durante todo o ano letivo e finalizado com uma mostra literária sobre temas variados Por meio da leitura e troca de conhecimentos, a Escola Municipal Valéria Cristina (Morrinhos III) realizou, no último dia 23, uma mostra literária envolvendo as 756 crianças do ensino fundamental I (1º ao 5º ano). O evento abordou temas variados, como por exemplo, reciclagem e a cultura africana. A ação é […]

today5 de dezembro de 2022 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%