G1 Mundo

Coreia do Norte divulga detalhes do acordo de ajuda mútua assinado com a Rússia; veja pontos

today20 de junho de 2024 10

Fundo
share close

Pacto envolve assistência militar em caso de ataque e até mesmo uso de energia nuclear e inteligência artificial. Tratado foi assinado nesta quarta-feira (19), durante a visita de Putin a Kim Jong-un.


Putin e Kim Jong-un durante encontro na Coreia do Norte, em 19 de junho de 2024 — Foto: Sputnik/Gavriil Grigorov via Reuters



A Coreia do Norte divulgou alguns detalhes do acordo de ajuda mútua fechado com a Rússia, nesta quarta-feira (19). O tratado cita a segurança nacional dos dois países e possíveis ameaças e ataques que ambos possam sofrer.

Veja a seguir alguns pontos do pacto, segundo informações divulgadas pela agência de notícias norte-coreana KCNA:

  • Cada país deve fornecer toda a assistência militar necessária e outras disponíveis se o outro enfrentar um ataque armado.
  • Ambos não poderão assinar tratados com nações terceiras que infrinjam os interesses de Rússia e Coreia do Norte.
  • As duas nações ficam proibidas de autorizar o uso do próprio território por terceiros para infringir a segurança ou a soberania.
  • Rússia e Coreia do Norte irão tomar ações conjuntas para fortalecer as capacidades de defesa.
  • Ambos os lados cooperarão em questões de interesse mútuo e segurança dentro da ONU.
  • Os dois países adotarão políticas pacíficas para uma ordem mundial justa e multipolar.
  • Cooperarão em pesquisas espaciais, além do uso pacífico da energia nuclear e inteligência artificial.

Segundo a Coreia do Norte, o pacto não tem prazo para acabar, a menos que uma das partes pretenda suspendê-lo.

O governo norte-coreano afirmou que o objetivo do acordo é fortalecer os esforços conjuntos no cenário internacional. Além disso, os dois países buscam cooperação estratégica para “estabelecer uma nova ordem global justa e igualitária”.

Coreia do Norte e Rússia também assinaram um acordo para construir uma ponte rodoviária na fronteira entre os dois países.

Acordo revive tempos de Guerra Fria

Rússia e Coreia do Norte assinam pacto de defesa mútua e cooperação militar

Rússia e Coreia do Norte assinam pacto de defesa mútua e cooperação militar

O acordo assinado entre Rússia e Coreia do Norte resgata relações semelhantes que os países tinham durante a Guerra Fria.

A parceria também prevê, de um lado, apoio da Rússia a manobras de Pyongyang perto da Coreia do Sul, o que deve piorar ainda mais a relação entre as duas Coreias.

Do outro lado, o governo norte-coreano dará mais apoio à Rússia na Guerra da Ucrânia — segundo os EUA, Putin utiliza na guerra munições e mísseis fornecidos por Kim Jong-un. Ambos negam.

No cenário internacional, os Estados Unidos temem que a Rússia contribua para o programa nuclear e armamentista da Coreia do Norte.

Durante o encontro com Kim Jong-un, Putin disse que está lutando contra a política hegemônica e imperialista dos Estados Unidos e países aliados.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

apagao-nacional-atinge-o-equador;-ministro-de-energia-diz-que-evento-e-‘fiel-reflexo-da-crise-energetica’-do-pais

G1 Mundo

Apagão nacional atinge o Equador; ministro de Energia diz que evento é ‘fiel reflexo da crise energética’ do país

O Equador foi afetado por um apagão nacional nesta quarta-feira (19) e diversas regiões do país enfrentaram problemas durante horas. , e as autoridades estão trabalhando para resolver o problema, disse o ministro das Obras Públicas, Roberto Luque, no X (antigo Twitter). "Houve uma falha na linha de transmissão que causou uma desconexão em cascata, resultando na falta de eletricidade em escala nacional", disse ministro das Obras Públicas, Roberto Luque, […]

today20 de junho de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%